últimas notícias
Vacina da Pfizer chega ao  Centro de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Cadi), na cidade de SP
Vacina da Pfizer chega ao Centro de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Cadi), na cidade de SP
Foto: Edson Lopes Jr/Secom

Capital recebe lote com 135 mil doses da vacina da Pfizer contra Covid

Vacina da farmacêutica norte-americana será utilizado para a nova etapa da campanha que terá início nesta quinta

A cidade de São Paulo recebeu na última terça-feira (4), no Centro de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Cadi), as primeiras 135.720 doses da vacina da Pfizer/BioNTech. O lote será utilizado a partir desta quinta-feira (6), quando se inicia uma nova etapa da Campanha de Vacinação contra a Covid-19 da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), dedicada a idosos de 60, 61 e 62 anos. Os imunizantes não serão aplicados nos drive-thrus, conforme orientação do Ministério da Saúde.

O imunizante estará disponível nas 468 UBSs da Capital. “Não será uma vacina que estará especificamente numa região ou outra. A SMS decidiu fazer a distribuição de uma forma igual. Haverá uma distribuição uniforme”, afirmou o prefeito em exercício, Ricardo Nunes (MDB).

Diferentemente das vacinas já disponíveis no País, a Coronavac (do Instituto Butantan) e a Oxford/AstraZeneca (da Fiocruz), o imunizante desenvolvido pela farmacêutica norte-americana, em parceria com o laboratório alemão, precisa de um armazenamento em temperaturas baixíssimas.

O município recebeu as doses na temperatura entre -25°C e -15°C (graus negativos). Os frascos podem permanecer nesta faixa por até 14 dias. Seguindo as orientações para a aplicação, a SMS irá proceder com o descongelamento da vacina para +2°C a +8°C e encaminhará para as unidades de saúde para utilização no prazo máximo de até cinco dias.

Segundo o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, a cidade tem capacidade para armazenar quatro milhões de doses deste imunizante. “Todas as nossas unidades foram capacitadas com refrigeradores para receber as vacinas da Pfizer”, explicou.

 

 

O lote de segunda dose está previsto para ser entregue no dia 17 maio.

Comentários

Tops da Gazeta