últimas notícias
Centro Dia para Idosos (CDI) é inaugurado na Penha
Centro Dia para Idosos (CDI) é inaugurado na Penha
Foto: Divulgação

Prefeitura de SP inaugura Centro Dia para Idosos na Penha

Unidade oferece atividades durante o dia, enquanto os familiares estão trabalhando ou estudando e não podem cuidar dos idosos

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) da Prefeitura de São Paulo entregou nesta semana o Centro Dia para Idosos (CDI) Penha, na zona leste da Capital. O serviço funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

O CDI é destinado aos idosos em situação de vulnerabilidade e que necessitam de cuidados. A unidade oferece atividades socioassistenciais durante o dia, enquanto os familiares estão trabalhando ou estudando e não podem cuidar deles. A pessoa é deixada no local pela manhã e levada para casa por seus parentes no fim da tarde.

De acordo com a secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Berenice Giannella, a família pode realizar seus afazeres enquanto a prefeitura cuida do idoso, que passa a ter melhor qualidade de vida. “Com o serviço, essas pessoas ficam menos solitárias e por consequência, menos doentes”, explica.

No CDI são oferecidas refeições e atividades de lazer e cultura, em um espaço físico que conta com refeitório, cozinha, seis banheiros (dois com acessibilidade), enfermagem, salas de atividade coletiva, administração, terapia ocupacional, TV e área externa.

Equipe multidisciplinar

Os idosos são atendidos por uma equipe multidisciplinar formada por nutricionista, assistente social, psicólogo, terapeuta ocupacional, cuidadores, enfermeiro e equipe técnica especializada.

O serviço é administrado pela SMADS por meio de parceria com uma Organização da Sociedade Civil com repasses mensais de R$ 93 mil, e tem capacidade para acolher um grupo de até 30 idosos, que poderão ser encaminhadas a demais políticas públicas municipais.

O mobiliário da casa foi adquirido pela secretaria e por uma verba de implantação.

Em São Paulo existem, atualmente, 19 Centros Dia para Idosos (CDI) com 570 vagas e, de acordo com o Plano de Metas 2021/2024, há a previsão de implantar 16 novos CDIs. No total, a Capital dispõe de 132 serviços com mais de 15 mil vagas em diversos tipos de equipamentos para garantir os direitos e assegurar a convivência familiar e comunitária à população idosa.

Comentários

Tops da Gazeta