últimas notícias
A Águia de Ouro foi campeã pela primeira vez do grupo especial de SP no Carnaval de 2020
A Águia de Ouro foi campeã pela primeira vez do grupo especial de SP no Carnaval de 2020
Foto: Reprodução/Facebook

Escolas de samba de SP esperam realizar Carnaval 2022 em fevereiro

O evento ainda não foi confirmado oficialmente, porém com a vacinação dos adultos adiantada, a prefeitura da Capital anunciou que criou comissões para a realização de festividades - que inclui o Natal, Réveillon e até o próprio Carnaval

As escolas de samba de São Paulo estão na expectativa de realizarem o Carnaval de 2022 em fevereiro. O evento ainda não foi confirmado oficialmente, porém com a vacinação dos adultos adiantada, a prefeitura da Capital anunciou que criou comissões para a realização de festividades - que inclui o Natal, Réveillon e até o próprio Carnaval. O último desfile no Sambódromo do Anhembi foi em 2020. Na ocasião, a Águia de Ouro foi campeã pela primeira vez do grupo especial em 43 anos.

Apesar da data ainda não ter sido confirmada, as escolas não deixaram de trabalhar em seus barracões. “Os trabalhos nunca foram paralisados e seguimos com os nossos cronogramas. Dependemos de todo um protocolo sanitário para que o evento aconteça, e claro, que a vacinação avance. Estamos discutindo os desfiles para fevereiro”, disse o presidente da Acadêmicos do Tatuapé, Eduardo dos Santos. A escola da zona leste já foi bicampeã (2017 e 2018) do carnaval de São Paulo.

Macaque in the trees
Acadêmicos do Tatuapé prestou uma homenagem a cidade de Atibaia no Carnaval de 2020 - Simon Plestenjak/UOL/Folhapress

 Eduardo também disse à Gazeta que os desfiles serão históricos. “Será um momento único e histórico. Teremos muito a celebrar. Os desfiles em fevereiro serão uma grande celebração da vida. Uma grande aglomeração de solidariedade e tradição que festejará o fim desta tragédia”, complementou.

A presidente da Mocidade Alegre, Solange Cruz, também compartilha da mesma ansiedade que o comandante da Acadêmicos do Tatuapé. “A saúde sempre vem em primeiro lugar. Agora, que estamos respirando melhor para falar de Carnaval. Hoje já temos uma perspectiva, e acreditamos que sim, que pode ser em fevereiro. Estamos em pleno trabalho para um grande espetáculo. Será um Carnaval em que todos entram com o troféu da vitória. Independentemente de classe social, todos sofreram com esse vírus. Foi uma questão de sobrevivência”, ressaltou Solange.

A Mocidade Alegre, escola do bairro do Limão, zona norte da Capital, é uma das mais tradicionais de São Paulo. A agremiação reúne 10 títulos no grupo especial.

Macaque in the trees
Mocidade Alegre apresentou o enredo "Do canto das Yabás renasce uma nova morada" no Carnaval de 2020 - Ricardo Matsukawa/UOL/Folhapress

 Procurada, a Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo (Liga-SP) não confirmou a festa para fevereiro. Mas, divulgou uma nota oficial em seu site ligasp.com.br.

“Recebemos com esperança e otimismo a notícia de que a Prefeitura de São Paulo planeja liberar as festas de Réveillon para a próxima virada do ano e Carnaval em 2022 na cidade. Durante os últimos 17 meses, as escolas de samba de São Paulo cumpriram o seu papel enquanto entidades sociais e intensificaram suas ações solidárias para amenizar os efeitos socioeconômicos da quarentena nas comunidades. Por isso, o caminho é, nos preparando para quando fevereiro chegar, fazendo a cadeia produtiva do Carnaval andar, gerando empregos nas agremiações e também esperança para os setores de turismo, comércio e alimentação”.

ORDEM DOS DESFILES

Em dezembro de 2020, a Liga realizou um sorteio que definiu a ordem dos desfiles das escolas de samba do grupo especial para o Carnaval 2021. A organização não confirmou se a ordem sofrerá alteração para o ano que vem.

Ficou estabelecido na ocasião que na primeira noite (sexta-feira) desfilam: Acadêmicos do Tucuruvi, Colorado do Brás, Mancha Verde, Tom Maior, Unidos de Vila Maria, Acadêmicos do Tatuapé e Dragões da Real.

Já no sábado desfilam: Vai-Vai, Gavioes da Fiel, Mocidade Alegre, Águia de Ouro, Barraca Zona Sul, Rosas de Ouro e Império de Casa Verde.

RIO DE JANEIRO

O Carnaval do Rio de Janeiro também é um dos eventos mais tradicionais do País. Com a aceleração do calendário de vacinação na cidade do Rio de Janeiro, a Liga Independe das Escolas de Samba (Liesa) avalia realizar os desfiles nos dias 27 e 28 de fevereiro de 2022 com 70 mil pessoas (entre funcionários da Liga e das escolas de samba), na Marquês de Sapucaí.

Não está prevista a redução de desfilantes e a tendência é que o público possa acompanhar os desfiles pela tradicional arquibancada. O desfile das campeãs foi marcado para o dia 5 de março.

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta