últimas notícias
Redução nas doações em todo o território nacional pode comprometer a realização 
de cirurgias e o atendimento a pacientes que necessitam de reposição ou transfusão
Redução nas doações em todo o território nacional pode comprometer a realização de cirurgias e o atendimento a pacientes que necessitam de reposição ou transfusão
Foto: Agência Brasil

Urgente: Cidade de SP precisa de doação de sangue após queda crítica nos estoques

Redução nas doações pode comprometer a realização de cirurgias e o atendimento a pacientes que necessitam de reposição ou transfusão

Os estoques de sangue da cidade de São Paulo tiveram uma queda crítica durante a pandemia de Covid-19, que começou a afetar a Capital em fevereiro do ano passado. Nesta quinta-feira é celebrado o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, e a prefeitura pede que mais moradores se tornem doadores no município.

"Com a necessidade do isolamento social, muitas pessoas deixaram de doar e esta redução nas doações pode comprometer a realização de cirurgias e o atendimento a pacientes que necessitam de reposição ou transfusão, seja por acidente ou tratamento de doença", informou a prefeitura da cidade, em nota.

Veja, abaixo, os requisitos para doar sangue:

- Portar documento oficial e original de identidade com foto e dentro do prazo de validade (RG, carteira profissional, carteira de habilitação);

- Ter entre 16 e 69 anos de idade, sendo que a primeira doação deve ter sido feita até 60 anos incompletos. Os doadores com menos de 16 anos devem estar acompanhados pelo responsável;

- Pesar acima de 50 quilos;

- Estar em boas condições de saúde;

- Estar alimentado, porém sem refeições pesadas (gordurosas) nas três horas que antecedem a doação.

De acordo com a gestão municipal, devem se tornar doadoras as pessoas que possuem um risco maior para doenças transmissíveis pelo sangue, como usuários de drogas injetáveis e inalatórias, que têm prática de sexo não seguro, vários parceiros sexuais ou se relacionam sexualmente com portadores de Aids ou hepatite.

Homens podem fazer uma nova doação a cada dois meses, com limite máximo de até quatro vezes no ano. Mulheres só devem doar sangue a cada três meses e no máximo três vezes em um ano.

Onde doar

A Colsan (Associação Beneficente de Coleta de Sangue) tem três pontos de coleta de sangue ativos no município, com funcionamento de segunda a sábado, das 8h às 13h, exceto feriados: o Hospital Municipal Dr. Carmino Caricchio, no Tatuapé, o Hospital do Servidor Público Municipal, na Aclimação, e o Hospital Municipal Dr. Fernando Mauro P. da Rocha, no Campo Limpo.

Além disso, a Fundação Pró-Sangue abastece mais de 100 instituições de saúde da rede pública na Capital e o agendamento da doação pode ser feito pelo site prosangue.sp.gov.br/home/.

Serviço

Postos de coleta da Colsan - Associação Beneficente de Coleta de Sangue:

Hospital Municipal Dr. Carmino Caricchio – Tatuapé
Av. Celso Garcia, 4815 – Tatuapé
São Paulo – SP – Tel: 2942-8094 / 3394-7081
Segunda a sábado das 8h às 13h (exceto feriados)
Estacionamento gratuito por 2h: Rua Siria, 126 – Jet Autoposto

Hospital do Servidor Público Municipal – Aclimação
R. Castro Alves, 60 – 4º andar
São Paulo – SP – Tel: 3277-5303
Segunda a sábado das 8h às 13h (exceto feriados)

Hospital Municipal Dr. Fernando Mauro P. da Rocha – Campo Limpo
Estrada Itapecerica, 1661
São Paulo – SP – Tel: 5812-1379
Segunda a sábado das 8h às 13h (exceto feriados)

Fundação Pró-Sangue
Agendamento on-line: prosangue.sp.gov.br/home/

Comentários

Tops da Gazeta