últimas notícias
Bairro de Itaquera, em SP
Bairro de Itaquera, em SP
Foto: Governo do Estado de SP

Empresas que se instalarem em Itaquera terão incentivo fiscal, diz prefeito de SP

O benefício visa valorizar a economia do bairro e faz parte do planejamento urbano da Cidade

Durante um evento de comemoração dos 335 anos do bairro de Itaquera o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB) anunciou um plano de valorização econômica para a região e citou algumas obras que sua Administração irá iniciar nos próximos meses como 40 kms de corredor e o BRT.

“Vamos fazer uma revolução no transporte público e a zona leste está muito inserida no projeto”, disse.

Uma das principais metas da Prefeitura para a gestão até 2024 é diminuir a desigualdade social na cidade. Segundo o prefeito, medidas já estão sendo tomadas para se alcançar os objetivos como as reformas tributárias aprovadas recentemente pela Câmara Municipal que viraram lei. “Para Itaquera, estamos concedendo benefícios fiscais para que empresas se instalassem na região e, com isso, gerem emprego e renda para a população. Elas têm até o final de dezembro para fazer a adesão e pedir os incentivos”, anunciou.

Comemoração

A Subprefeitura Itaquera fez uma programação para comemorar o aniversário do bairro. Desde o dia 26, até hoje, dia 30 está sendo apresentada a 1ª Mostra Cultural “Expresso Perifa Itaquera”. O evento acontece no formato virtual com transmissões pela página da Subprefeitura Itaquera do Facebook. A mostra traz manifestações em diversas linguagens como a musical e teatral e tem como objetivo promover as diversas expressões artísticas e culturais do território de Itaquera. A produção envolveu mais de 150 profissionais.

Fundação

O nome Itaquera é de origem tupi e quer dizer "pedra dura". A data de fundação do Bairro ainda é uma incógnita. A primeira referência de que se tem notícia é de 1686, quando o nome aparece em uma Carta de Sesmaria. No entanto, data de 1820 a primeira referência sobre a povoação de Itaquera, onde existia um simples e precário rancho conhecido como a "Casa Pintada". Ali os viajantes paravam para descansar e reabastecer-se de provisões.

A povoação de Itaquera começa a se desenvolver mesmo a partir da inauguração da estação de trem local, no dia 6 de novembro de 1875, data escolhida pela comunidade como a do aniversário, apesar de toda a polêmica em torno da verdadeira idade.

O distrito de Itaquera localiza-se na porção oriental do Estado de São Paulo. A estrutura geológica da área é constituída de rochas muito antigas do tipo cristalino, como granitos da era arqueozóica, rochas metamórficas, gnaissicas e micaxistos micáceos.

Geologicamente a unidade estrutural é representada por um conjunto de superfícies elevadas cristalinas profundamente trabalhadas pela erosão que as reduziu a níveis entre 700 e 800 metros de altitude.
Topograficamente é uma região de morros cujas elevações mamelonares evidenciam o intenso trabalho erosivo das águas superficiais.

O principal rio que banha a área de Itaquera é o Jacu. Hidrograficamente pode-se dizer que a área é bem servida por uma densa rede de rios todos afluentes e sub-afluentes do Tietê. São rios pouco expressivos, sendo os principais eixos: Jacu, Itaquera e Aricanduva.

Em fins do século XIX, a comunidade teve um dia de festa. Chegava ao povoado o sistema de transporte desbravador dos sertões. O progresso ganhava um incentivo maior em Itaquera, quando parou no bairro a primeira "Maria-Fumaça" da antiga Estrada de Ferro do Norte. Estava começando também a era do automóvel, depois vieram o motor a diesel, a explosão, a manivela, a eletricidade , a vapor como aquele da locomotiva que chegava pela primeira vez em Itaquera e através dos tempos passou a ser símbolo de desenvolvimento do bairro trazendo e levando pessoas através dos trilhos ferroviários que cortaram planícies e montanhas no passado, para chegar ao presente rodeados de casas, casebres, fábricas barracos e favelas.

O progresso foi chegando de forma desordenada e na esteira da industrialização paulista, o povoado tranqüilo de Caaguassu se transformou na grande Itaquera de hoje.

Comentários

Tops da Gazeta