Publicidade

X
LOJA NA PERIFERIA

Loja do Extra em SP entrega embalagem de carne vazia os clientes; entenda

A loja da rede no Jardim Ângela só preenche a bandeja com carne depois que o cliente já passou no caixa e pagou pelo produto; funcionário diz que medida é contra roubos

Publicidade

Estacionamento de uma das lojas do Extra Hipermercado em São Paulo / Mathilde Missioneiro/Folhapress

Uma loja da rede de supermercados Extra, no Jardim Ângela, na periferia de São Paulo, adotou uma maneira inusitada de atendimento aos clientes que se dirigem à seção de açougue. Aqueles que pedem ao açougueiro para comprar carne recebem dele uma embalagem vazia, mas com o preço da carne e são orientados a irem até o caixa pagar pelo produto e só depois voltarem ao balcão para terem a embalagem completa com o produto.

O procedimento foi registrado pela educadora Fabiana Ivo, gestora operacional da Articuladora de Negócios de Impacto da Periferia (ANIP). Fabiana é ex-moradora do bairro e percebeu que o mesmo procedimento não se aplica à outra loja da mesma rede na av. Brigadeiro Luís Antônio, região nobre da Cidade. As informações são do Portal UOL.

"O que os funcionários me contaram é que essa prática já tem quase um ano. Começou pelo aumento dos roubos na pandemia, com as pessoas pegando a carne e descartando a bandeja. Também disseram que acontece a mesma coisa em outros [pontos do] Extra nas periferias", afirmou a educadora ao Portal.

Fabiana foi à loja do Jardim Ângela em duas oportunidades, em dias diferentes, e notou que o procedimento só é aplicado no caso de clientes que pedem por carnes mais caras. "Linguiça e carne de porco são entregues na hora. Os freezers de livre acesso têm frango, porco, carne de segunda e outras partes menos nobres", relatou.

Ao ser consultado pelo UOL, o Extra informou que o procedimento experimentado na loja do Jardim Ângela não é o padrão.

"A rede informa que este procedimento não faz parte de sua política de atendimento, trata-se de uma falha pontual de procedimento. Assim que teve conhecimento do fato, a loja tomou providências para que a prática fosse imediatamente descontinuada. A rede segue à disposição para quaisquer esclarecimentos.", informou o Extra em nota.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CPI do MEC

Suspeita de interferência de Bolsonaro aumenta pressão por CPI do MEC

A oposição no Senado ainda tenta engrossar com ao menos mais dois nomes o requerimento para criação de uma CPI do MEC

SEU BOLSO

As 10 cidades onde é mais caro abastecer com gasolina em São Paulo

Levantamento realizado pela ANP considera preços coletados na semana passada, entre os dias 19 e 25

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software