Publicidade

X

COVID-19

Prefeitura de SP solicita mais 100 leitos de UTI da rede privada

Segundo a gestão municipal, ampliação é necessária para evitar o colapso no sistema

Bruno Hoffmann

Publicado em 13/05/2020 às 11:22

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Bruno Covas (PSDB), prefeito da cidade de São Paulo / Divulgação/Governo do Estado de S?o Paulo

A Prefeitura de São Paulo, gestão Bruno Covas (PSDB), abriu um edital publicado na edição desta terça-feira no Dário Oficial solicitando mais 100 leitos de UTI da rede particular para atendimento de pacientes com o novo coronavírus.

De início, a previsão da prefeitura era de utilizar 20% dos 4 mil leitos da rede particular disponível na cidade. Contudo, com o avanço no número de casos, a gestão municipal tenta ampliar o atendimento para evitar o colapso do sistema.

O aluguel de leitos da rede privada foi anunciado pelo prefeito Bruno Covas no início de maio. O prefeito afirmou nesta terça-feira (12), em entrevista ao “G1”, que a parceria é uma das estratégias da prefeitura para evitar que seja necessário estabelecer critérios de seleção de pacientes. Na semana passada, a prefeitura publicou no Diário Oficial um protocolo de prioridade para leito de UTI em caso de ocupação total pelo coronavírus.

 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

FORÇA DA NATUREZA

Veja 6 vídeos de desastres provocados pelo ciclone que atinge o Brasil há 7 dias

Com ventos de mais de 100 km por hora, o fenômeno destruiu estabelecimentos, derrubou outdoors e fez o mar recuar em São Vicente, litoral paulista

Brasil

Mesmo após corte, gasolina segue mais cara no Brasil do que no exterior

Em maio, os preços da gasolina e do diesel atingiram recordes históricos nos postos brasileiros, movimento que culminou com a demissão de dois presidentes da Petrobras em pouco mais de um mês

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software