Publicidade

X
Cultura

Os Antigos Shows da Rádio no Cine Central

Saudoso Cine Central era o cinema de Porto Feliz, muito frequentado na época, por exibir os melhores filmes nacionais e estrangeiros

Publicidade

Foto do saudoso Adolpho Oscar de Almeida / Acervo de José Augusto Costa e Silva

Desde sua fundação no dia 25 de janeiro de 1959 e no decorrer da década de 1960, a Rádio Emissora Porto-Felicense realizou memoráveis shows artísticos no majestoso palco do Cine Teatro Central, localizado na Rua Dr. Draco de Albuquerque nº 29. O saudoso Cine Central era o cinema de Porto Feliz, muito frequentado na época, por exibir os melhores filmes nacionais e estrangeiros.

Naqueles velhos tempos o Cine Central era o único local disponível na cidade para a promoção de shows artísticos, com capacidade para receber um grande público. Nos memoráveis eventos que ali foram realizados, a plateia lotava todas as dependências do vasto auditório, inclusive o camarote, e os jovens, principalmente, sentavam-se no chão ocupando os espaços laterais entre as poltronas.

O palco era grande e acolhia tranquilamente não só os músicos que compunham o Grupo Musical “Henrique e seu Regional”, liderado pelo ilustre cidadão porto-felicense Henrique de Lara, como também os artistas que ali se apresentavam. Pelo palco do Cine Central desfilaram muitos talentos com destaque para Wanderley Cardoso, Marta Mendonça, Antônio Marcos, George Friedmam, Nelson Gonçalves, Sérgio Reis, Edson “Bolinha” Cury e tantos outros. Diversos cantores locais fizeram sucesso nesses shows inesquecíveis e arrancaram aplausos calorosos da vasta plateia.

Entre os artistas porto-felicenses que marcaram suas presenças nesses saudosos espetáculos ressaltamos Maria Rosa Corrêa, Erasmo Rodrigues Silva, Esmeraldo Crocco, Antenor Ferraz de Oliveira, José Fernando Mietto, Zilda Pelegrini, Flávio Rodrigues, Walter Israel, Suzano de Campos, Maria de Lourdes Massarani, Eli Fernandes e Nanci Lara Sampaio.

sses artistas fizeram grande sucesso e conquistaram as plateias, pois seus repertórios continham as mais belas canções da época! Maria Rosa Corrêa e Erasmo Rodrigues Silva eram os intérpretes do samba; Esmeraldo Crocco (Zito Crocco), Antenor Ferraz de Oliveira, José Fernando Mietto, Zilda Pelegrini, Flávio Rodrigues e Walter Israel interpretavam as serestas e as belas valsas que, não raras vezes, inspiravam as saudosas serenatas que encantavam corações nas frias madrugadas de outrora.

Suzano de Campos, Maria de Lourdes Massarani, Eli Fernandes e Nanci Lara Sampaio traziam em seus repertórios as canções mais tocadas no rádio brasileiro naqueles velhos tempos, ou seja, os sucessos do momento! Alguns cantores locais foram contratados pela Rádio Emissora Porto-Felicense para se apresentarem em sua programação semanal.

Foi o que ocorreu com a cantora Nanci Lara Sampaio, chamada naquela época pelo brilhante e saudoso apresentador Horlimar Pires de Almeida de “A Libélula que Canta”, apelido que lhe foi dado por conta do seu privilegiado timbre vocal. Nanci Lara Sampaio teve, por algum tempo, um programa especial no qual se apresentava semanalmente.

Entre os valorosos apresentadores desses shows artísticos estão os saudosos Abdo Almaciê Tauhyl, de grande sucesso na radiofonia local e Jamil Elias José Neto, que fez bela carreira profissional em várias emissoras de rádio espalhadas pelo Brasil. Destaque-se também o sucesso alcançado pelos apresentadores Celso Moraes Brand e Salvador das Neves, que por muito tempo mantiveram no ar seus programas líderes de audiência. Na apresentação da programação sertaneja a Rádio Emissora Porto-Felicense contava com J. Assunção e Antônio Alves da Costa – Gaúcho -, surgindo posteriormente o apresentador Cláudio Sana, líderes de audiência em seus respectivos horários

Bons tempos deste Porto Feliz! A foto que ilustra esta matéria registra um momento desses grandes shows artísticos no palco do Cine Central. Nela estão, da esquerda para a direita, Lindolpho (violão), João Camilo de Oliveira (violão sete cordas), Hélio (cavaquinho) e Salvador Marchesoni de Carvalho (rabecão). Ao microfone está o saudoso cantor Esmeraldo Crocco (Zito Crocco), interpretando um dos seus grandes sucessos musicais! Oh linda Terra de Araritaguaba / Das noites enluaradas / A reviver nas bandeiras / As tuas glórias passadas! 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

VIOLÊNCIA E SEGURANÇA

Vale do Paraíba concentra quatro das seis cidades com maior taxa de homicídios e SP

A Secretaria de Segurança Pública divulgou dados sobre o cenário de criminalidade na Região

ELEIÇÕES 2022

Lula tem 43% contra 30% de Bolsonaro no estado de São Paulo, diz Datafolha

Em relação ao total do país, o petista tem menos eleitores em São Paulo

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software