X

São Paulo

Datena filia-se ao PSDB e pode ser candidato

Na 11ª legenda, a mudança é tida como estratégica para trazer os tucanos para a chapa encabeçada pela deputada federal Tabata Amaral (PSB-SP)

Pedro Nastri

Publicado em 05/04/2024 às 17:20

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

O apresentador José Luiz Datena migrou do PSB para o PSDB depois de quatro meses na legenda socialista / Reprodução/Band Tv

O apresentador José Luiz Datena migrou do PSB para o PSDB depois de quatro meses na legenda socialista. Na 11ª legenda, a mudança é tida como estratégica para trazer os tucanos para a chapa encabeçada pela deputada federal Tabata Amaral (PSB-SP), que deve ser candidata à prefeitura paulistana, mas Datena não confirmou ainda que participará da disputa na capital paulista. "O que vai acontecer, vai acontecer. O futuro a Deus pertence. Por que eu ia convidar a Tabata para vir aqui se eu penso de forma diferente? Mas não depende só de nós. Eu não sei como o PSB vai encarar essa mudança de partido, os grandes nomes do partido concordaram com esse movimento", disse Datena. "A minha vontade é estar do lado da Tabata, sempre, porque é uma pessoa fantástica, maravilhosa, que eu gosto e respeito e continuarei respeitando. Agora estou num partido que conversa com o meu antigo partido, que definam. Precisa perguntar mais para os dirigentes, eles que respondam", respondeu Datena aos questionamentos da imprensa.

Siga as notícias da Gazeta de S.Paulo no Google Notícias

Prefeitura de SP contra Enel

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB) disse que abertura do processo disciplinar contra a Enel na Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) desta 2ª feira (1º.abr.2024) é “acertada, porém demorada”. O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, anunciou a medida diante da série de apagões ocorridos em São Paulo. O parecer da agência reguladora deve demorar 20 dias e pode culminar no fim da concessão da empresa. Silveira disse que a empresa italiana, que assumiu as operações da antiga Eletropaulo em 2018, mostra de forma reiterada que é despreparada para prestar serviço à população. Nunes declarou que a Enel “não tem condições de continuar” e que o ministro “acerta, atrasado, porque eu estou avisando, os outros prefeitos estão avisando, governador está avisando”, declarou. O prefeito disse ter se reunido com o presidente do sindicato do eletricitários, que avaliaram que a situação do serviço da cidade é “mais forte do que eu já tinha”. “Se não houver investimentos, a gente vai ter um colapso no mínimo em 3 anos”, emendou o prefeito.

São Paulo mais idosa

A população da cidade de São Paulo vem envelhecendo em ritmo mais intenso e acelerado nos últimos dez anos. A capital já conta com mais de 2 milhões de idosos. O dado consta em levantamento feito pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento de São Paulo (SMUL), com base nos dados do Censo Demográfico de 2022 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em números absolutos, a cidade soma 2.023.060 idosos, o que equivale à população de Manaus (AM). Desse total, mais da metade (60%) são mulheres. Entre os anos de 2010 e 2022, houve um incremento de quase 700 mil pessoas com mais de 60 anos, o que equivale à população total de Cuiabá. Nesse período, a população com idade acima de 60 anos cresceu 51,1% na cidade. Essa alta na taxa de crescimento na capital paulista acompanha a tendência de aumento que vem sendo observada tanto no estado (60,3%) quanto no país (56%).

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Gazeta SP na Rádio Trianon

De segunda à sexta-feira, das 8h00 as 11h00, pela Rádio Trianon AM 740 e Rádio Universal AM 810 (Santos), o repórter Bruno Hoffmann comenta as notícias que são destaques na Gazeta SP e Diário do Litoral.

Contatos para esta coluna [email protected]

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Gazeta Mais

As férias escolares chegaram! Veja 5 dicas para combinar diversão com aprendizado

Especialista explicam as melhores opções

SAÚDE

Dr. Bactéria dá dicas para deixar a casa sempre limpa

Da cozinha ao banheiro, biomédico Roberto Figueiredo, conhecido como Dr. Bactéria, explica o que é certo e o que é errado na hora de limpar a casa

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter