últimas notícias
De olho no Poder
Semanalmente, o jornalista Bruno Hoffmann traz uma apuração exclusiva sobre a política paulista.
[email protected]
Márcio França é pré-candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PSB
Márcio França é pré-candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PSB

Márcio França defende Tatto de críticas internas do PT: 'É um petista raiz'

De Olho no Poder: os fatos da política de São Paulo na visão do jornalista Bruno Hoffmann

Pré-candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PSB, Márcio França criticou a falta de apoio inicial de parte das lideranças do PT à pré-candidatura de Jilmar Tatto na Capital. “O que está se fazendo dentro do próprio PT com o Tatto não é correto. Tatto teve seus méritos, a vida inteira foi do PT, os irmãos todos são do PT. Ele é um petista raiz mesmo. É injusto. Na hora de apoiar o Tatto servia e na hora de ser apoiado não serve?”, disse França durante entrevista ao programa Metrópole em Foco, da Rádio Trianon, após uma questão deste colunista. Ele também acredita que Bruno Covas (PSDB) deve ser seu rival mais forte e afirmou que Guilherme Boulos (Psol) não estaria preparado para ser prefeito. “Boulos é um rapaz bacana, um sujeito romântico”, mas “primeiro deveria experimentar outras experiências, como ser vereador”.

Tudo certo.
O pré-candidato do PTB à Prefeitura de São Paulo, Marcos da Costa, garantiu à coluna ter se entendido com o presidente nacional do partido, Roberto Jefferson. Aliado do presidente Jair Bolsonaro, Jefferson não queria que o ex-presidente da OAB-SP concorresse ao cargo na Capital por acreditar que seu perfil não era conservador o suficiente. “O presidente nacional não me conhecia. As lideranças do partido conversaram, e hoje o partido está unido em torno da minha pré-candidatura”.

Só promessas.
O deputado estadual Ataide Teruel (Podemos) pediu explicações para o governo de São Paulo sobre a situação de 482 famílias desapropriadas há mais 10 anos no trecho Sul do Rodoanel, nos municípios de Mauá, Itapecerica da Serra e São Bernardo do Campo, e que, até agora, não receberam os imóveis prometidos pela Dersa. “As famílias convivem com a promessa de novas moradias, sofrem com o atraso no pagamento do auxílio-aluguel e reclamam do baixo valor indenizatório”, explica o deputado.

Aprovado.
Na quarta-feira (26), a Câmara Municipal de São Paulo aprovou em votação definitiva o projeto de lei de autoria do vereador Gilberto Natalini (PV-SP) que estabelece a implantação de logística reversa na Capital. Ou seja, ao entrar em vigor, as empresas e comércios da cidade precisarão recolher e dar a destinação ambientalmente correta aos materiais produzidos. O projeto seguiu para sanção do prefeito Bruno Covas.

Em Santos.
A direção estadual e a executiva municipal do Progressistas desistiram de lançar a pré-candidatura da vereadora Audrey Kleys para a Prefeitura de Santos e optaram por apoiar o governista Rogério Santos (PSDB). A medida foi tomada como uma estratégia eleitoral para buscar uma chapa de vereadores mais forte, já que internamente Audrey Kleys é vista como uma “fortíssima puxadora de votos”, como disse um interlocutor à coluna. A expectativa do partido é a de eleger a maior bancada de Santos na próxima legislatura.

"Em dezembro deste ano teremos a vacina"
Governador João Doria (PSDB), ao dizer que a Coronavac vai estar disponível pelo SUS em dezembro se a terceira fase de testes for bem concluída e se tiver aprovação da Anvisa.

Comentários

Tops da Gazeta