últimas notícias
Espaço do bicho
Médico Veterinário, Dr. Edgar toda semana aborda um tema diferente no espaço do Bicho.
[email protected]
Cachorrinho
Cachorrinho

Novembro Azul - Prevenção ao câncer de próstata

O cão é a única espécie, exceto a humana, que desenvolve espontaneamente o câncer de próstata

Novembro azul, mês que se incentiva a investigação sobre a saúde da próstata de seu pet também. A próstata é uma pequena glândula localizada perto da bexiga dos machos que faz parte do sistema reprodutor. Mais comum nos cães do que nos gatos, o câncer de próstata pode atingir tanto cães inteiros como castrados.

O fato de castrar o cão não inibe a formação de tumores na próstata. Ocorre com mais frequência em cães e gatos de meia idade a idosos. O cão é a única espécie, exceto a humana, que desenvolve espontaneamente o câncer de próstata.

Principais sintomas são: urinar com frequência, fazer força ao urinar ou defecar, sangue na urina, infecções urinárias que não respondem ao tratamento, dificuldade para defecar, modificação no jeito de caminhar, febre, emagrecimento progressivo, perda de apetite, cansaço, entre outros.

Para diagnosticar a doença é indicado exames de imagem, como a ultrassonografia, Tomografia ou Ressonância Magnética, porém, o diagnóstico definitivo é realizado mediante a biopsia e realização de exame histopatológico. É importante adotar hábitos saudáveis, exercícios, alimentação balanceada e visitas periódicas ao médico-veterinário como prevenção.

O tratamento da neoplasia prostática consiste, inicialmente, em castração, terapia com estrogênio, antibióticos e anti-inflamatórios.

A retirada da próstata não se mostrou eficiente para tratamento, não há dados publicados que comprovem o aumento do tempo de sobrevida após o tratamento cirúrgico (prostatectomia) em cães afetados, portanto a prevenção é muito importante. As hiperplasias prostáticas (aumento do volume da próstata) ocorrem com frequência e podem ser controladas com medicamentos, também provocam sintomas importantes na micção, são condições diferentes do câncer de próstata que merecem atenção.

Comentários

Tops da Gazeta