últimas notícias
Espaço do bicho
Médico Veterinário, Dr. Edgar toda semana aborda um tema diferente no espaço do Bicho.
[email protected]
Acomodar o pet em uma caixa de transporte é muito importante para que neste espaço ele possa descansar
Acomodar o pet em uma caixa de transporte é muito importante para que neste espaço ele possa descansar

Dicas para viajar com seu pet

Esta é uma questão que deve ser pensada e repensada para avaliar as condições de viagem e o que é melhor para seu pet

Levar ou não levar o pet na viagem de férias. Esta é uma questão que deve ser pensada e repensada para avaliar as condições de viagem e o que é melhor para seu pet. Se alguém pode vir até sua casa para tratar do pet enquanto esta viajando essa é a melhor opção.

Caso contrário, se o pet tem que acompanhar o proprietário, não deixe de procurar um veterinário para fazer um atestado de saúde para acompanhar o pet, pois esta é uma exigência mesmo que a viagem seja terrestre, além da carteirinha de vacina atualizada. Evite alimentar o pet antes da viagem. Leve água potável para oferecer a ele se caso estiver muito quente.

Acomodar o pet em uma caixa de transporte é muito importante para que neste espaço ele possa descansar e se mexer, e se caso fizer suas necessidades ou vomitar durante o transporte, fica mais fácil a higienização do ambiente. No destino a caixa de transporte também é útil para que o pet possa passar a noite. Será um local que tem seu cheiro, ambiente conhecido e é seguro, especialmente se caso haja outros animais no local.

Se for viajar para áreas litorâneas, importante saber que a proteção contra Dirofilariose (verme do coração) deve ser feita com medicamento, é comum a presença do inseto vetor que transmite a patologia nessas áreas. Não deve levar o pet na praia, será desconfortável a alta temperatura e o piso de areia para ele. Se a viajem for para o campo, a prevenção contra carrapato deve ser redobrada.

No caso de viagem de ônibus, a regulamentação permite cachorros e gatos dentro dos ônibus, sendo até dois animais por veículo e um animal por passageiro. Devem ser de pequeno porte e ter no máximo 10 kg, além de estarem acomodados em um caixa de transporte. É possível comprar uma poltrona ao lado para acomodar o seu pet. Caso não esteja em um assento exclusivo, o animal deverá ser acomodado próximo aos pés do proprietário.

Comentários

Tops da Gazeta