últimas notícias

Nilson Regalado

A expectativa para 2020 é que esse mercado cresça 10%, no mínimo
A expectativa para 2020 é que esse mercado cresça 10%, no mínimo
Foto: Depositphotos

Setor de orgânicos cresce 15% e já tem 20 mil fornecedores

Segundo a Organis, entidade que representa o setor, o faturamento chegou a R$ 4,5 bilhões

O segmento de alimentos orgânicos comemorou números expressivos em 2019. No ano passado, o setor atingiu a marca de 20 mil unidades produtoras no País. Segundo a Organis, entidade que representa o setor, o faturamento chegou a R$ 4,5 bilhões. Os números revelados nesta semana apontam para um crescimento próximo dos 15% na comparação com 2018. E a expectativa para 2020 é que esse mercado cresça 10%, no mínimo.

Para a Organis, neste ano aumentará a demanda por produtos baseados em legumes e vegetais, o que indica um avanço do movimento vegano, embora também esteja no radar da entidade a provável elevação na oferta de orgânicos de origem animal, como frango, leite e derivados.

O futuro imediato também reforça a imagem do segmento como parte da solução para problemas ambientais com a redução nas embalagens plásticas dos orgânicos, além de uma presença mais agressiva entre as ofertas online, clubes de compras e restaurantes.

Bovespa bateu recorde.
Como antecipou esta coluna há uma semana, a pressão no preço dos ovos é intensa. Segundo a Scot, consultoria especializada na pecuária, só neste início de fevereiro a caixa com 30 dúzias teve valorização de 25,2% nas granjas paulistas.

Inflação sob controle.
No atacado paulistano, a caixa de 20 kg de tomate italiano entra fevereiro custando 24,18% a mais do que custava há 12 meses. No tomate salada longa vida a alta foi de 17,08%, segundo o hfbrasil.org.br, ligado à Escola de Agronomia da USP.

Economia crescendo.
A alta de 6,6% no dólar e a retração dos vendedores elevaram os preços do trigo em janeiro. Segundo o Cepea/USP, em São Paulo o aumento foi de 9,2%. O Brasil importa metade do trigo que consome...

A terra é de quem?
Índios guarani ocuparam no final de janeiro uma área junto ao Pico do Jaraguá, na Capital, em protesto contra a derrubada de quatro mil árvores. A área de Mata Atlântica dará lugar a um condomínio de luxo. Antes de serem despejados, os guarani plantaram 200 mudas de espécies nativas na área.

Relaxe, há luz...
Abacate geada, banana nanica, limão taiti, mangas palmer e tommy, mamões formosa e papaya, melancia, melão amarelo, abobrinha italiana, acelga, alfaces crespa e lisa, batata doce rosada, beterraba, cebola nacional, cenoura, espinafre, mandioca, manjericão e pimentão verde fecharam a semana com preços em baixa na Ceagesp.

...no fim do túnel.
Fevereiro é tempo de garoupa, manjuba e truta. Portanto, esses peixes estão mais baratos que nos outros meses do ano. A garoupa é rica em proteínas e vitaminas.

Filosofia do campo:
"A ordem é ninguém passar fome/Progresso é o povo feliz". Zé Pinto, cantor e compositor mineiro, in Ordem e Progresso.

Comentários

Tops da Gazeta