últimas notícias
Repórter da Terra
Nilson Regalado traz notícias do campo que influenciam diretamente a vida do consumidor da cidade.
[email protected]
Toda essa riqueza de valor inestimável foi recolhida nas florestas brasileiras
Toda essa riqueza de valor inestimável foi recolhida nas florestas brasileiras

Brasil tem 54 mil plantas que podem virar remédio

O banco de dados, sistematizado pelo Instituto de Química da Unesp e pelo Chemical Abstracts Service, reúne detalhes sobre 54.192 compostos obtidos de plantas nativas do Brasil

O Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e o Chemical Abstracts Service da Sociedade Americana de Química acabam de sistematizar o segundo maior banco de dados sobre biodiversidade em todo o mundo. O arquivo reúne detalhes sobre 54.192 compostos obtidos de plantas nativas do Brasil. Todas elas apresentam, comprovadamente, potencial para se tornarem novos medicamentos naturais, suplementos alimentares, cosméticos e produtos para controle de pragas e parasitas agrícolas.

E toda essa riqueza de valor inestimável foi recolhida nas florestas brasileiras. O País abriga 20% de todas as espécies do planeta. Só a China detém um banco de dados sobre biodiversidade maior.

A sistematização das informações traz maior eficiência à pesquisa, pois evita a repetição de estudos e facilita a formulação de novas hipóteses com base em descobertas anteriores. O CAS selecionou as informações, identificou as moléculas, fez a ligação com as referências bibliográficas e transferiu os dados para o sistema da Unesp.

O acordo inédito entre a Universidade e o CAS foi uma forma de apoiar a ciência brasileira após a destruição do Museu Nacional no Rio de Janeiro por um incêndio, em 2018. A iniciativa teve apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (Fapesp).

Cientistas de SP...
Cientistas brasileiros deram um passo importante para reduzir o uso de venenos agrícolas em países tropicais. Com investimento da Fapesp, da USP e da empresa Koppert Biological Systems foi lançado na terça-feira (11) o São Paulo Advanced Research Center for Biological Control.

...contra agrotóxicos.
O novo centro de pesquisas terá 50 cientistas de universidades e instituições de pesquisa do Brasil e do exterior, além de estudantes de graduação e de pós-graduação. A missão será desenvolver um novo modelo de manejo integrado de pragas e doenças que afetam a agricultura tropical, de modo a tornar o setor mais moderno e sustentável.

Menos vermelho!
Maior produtor de maçã do Brasil, Santa Catarina começou a colher a safra 2020 das variedades gala e fuji. O calor anormal nas noites de São Joaquim afetou a cor das frutas, mas não o sabor. O estado deve colher 578 mil toneladas de maçã este ano.

Uva paulista...
Já está no mercado desde o final de janeiro a primeira uva gourmet do Brasil. Produzida em Pilar do Sul, na região de Sorocaba, a uva pilar moscato é fruto de dez anos de melhoramento genético.

Não é para empregada!
Seu principal atributo são os bagos brilhantes, sem sementes e de casca fina. A pilar moscato tem no mínimo 18 brix (grau de doçura da fruta) contra 14 graus brix das uvas tradicionais. Nesta safra, serão colhidas 500 toneladas, com preço que pode chegar a R$ 90,00 o kg.

Filosofia do campo:
"A beleza é a inteligência à flor da pele". Millôr Fernandes (1923-2012), jornalista carioca.

Comentários

Tops da Gazeta