últimas notícias
Repórter da Terra
Por Nilson Regalado - Colaborador
[email protected]
File de peixe em fundo branco
File de peixe em fundo branco

Prepare-se: vem aí o filé de peixe vegano produzido em impressora 3D

As notícias do campo por Nilson Regalado

A humanidade está diante de uma encruzilhada: como alimentar uma população que tende a crescer 29% até 2030, segundo projeção da ONU? Dados da FAO anteriores à Covid-19 apontavam que 900 milhões de seres humanos já dormiam todas as noites com fome no Planeta, número que vinha caindo por 20 anos, mas voltou a subir a partir de 2015. Mesmo aumentando de forma avassaladora a eficiência agronômica, parece inevitável a derrubada de novas áreas de floresta para eliminar a fome e a pobreza no mundo até 2030, conforme preconiza a ONU em seus Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Porém, uma tecnologia inovadora, desenvolvida em Viena, na Áustria, lançou uma luz nesta questão da segurança alimentar planetária.

Vegano, o primeiro ‘filé de peixe’ confeccionado em impressora 3D da história começou a ser produzido em julho. Os ingredientes são algas marinhas e proteínas de cogumelos. Aspecto, textura e sabor são idênticos ao do salmão. A fabricante, a start up Legendary Vish, exalta o fato de que o ‘filé’ alternativo chega ao mercado livre de metais pesados e microplásticos, poluidores dos oceanos e contaminantes dos frutos do mar. Mais: o ’salmão’ vegano também será produzido sem qualquer antibiótico, medicamento usado com frequência nas fazendas que criam o peixe em gaiolas no mar.

A ideia de entregar ao consumidor um análogo ao salmão feito com plantas de alto valor nutricional surgiu durante um programa de doutorado dos sócios da empresa. A proposta é contribuir para o desenvolvimento de alimentos ambientalmente sustentáveis, evitando a extinção de espécies no mar e reduzindo a emissão de gases do efeito estufa. Os inventores da comida do futuro afirmam que também é possível produzir análogos de outros frutos do mar na impressora 3D, mesmo aqueles que não possam ser manipulados através de tecnologias clássicas de extrusão.

Melhor azeite...
Há uma década, o Brasil produzia sua primeira safra de azeitonas. E o talento de cientistas e agricultores para adaptar as oliveiras ao clima do País acaba de garantir ao azeite Olivas do Sul o título de melhor do Hemisfério Sul. O prêmio foi anunciado no final de julho, durante o L’Orciolo d’Oro realizado em Pésaro, na Itália. O concurso é o mais tradicional do mundo dedicado ao azeite extravirgem.

...do Hemisfério Sul.
Localizada na Região Central do Rio Grande do Sul, a Olivas do Sul também conquistou o selo de qualidade Selezione Leone, obtido em 2019 e 2020, na Itália. Apesar de as oliveiras estarem florescendo tanto em solo gaúcho como na Serra da Mantiqueira, em Minas Gerais, o Brasil ainda importa mais de 90% do azeite que consome...

Sabores e aromas.
Agosto é mês de fartura nos pomares de carambola, cupuaçu, maracujá... Aproveite os sabores e aromas do Brasil e bom final de semana!

Filosofia do campo:
"Grandes espíritos enfrentam sempre oposição violenta de mentes medíocres". Albert Einstein (1879-1955), físico alemão.

Comentários

Tops da Gazeta