últimas notícias
Repórter da Terra
Por Nilson Regalado - Colaborador
[email protected]
desperdicio de alimentos
desperdicio de alimentos

Planeta joga no lixo 1,3 bilhão de toneladas de comida ao ano. Quanto você desperdiça?

Dados da FAO apontam que um terço de todo o alimento produzido no Planeta acaba descartado

A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) acaba de lançar a primeira plataforma digital para redução das perdas e do desperdício de alimentos. A iniciativa quer conscientizar a humanidade sobre os prejuízos econômicos e os impactos sociais causados por comportamentos inadequados na colheita, armazenagem, compra e consumo dos alimentos. Dados da FAO apontam que um terço de todo o alimento produzido no Planeta acaba descartado. Isso significa 1,3 bilhão de toneladas de comida indo para o lixo todos os anos, volume suficiente para alimentar dois bilhões de seres humanos. Antes da pandemia, quase 900 milhões de pessoas já dormiam todas as noites com fome, principalmente crianças.

Nos países pobres, o desperdício é de dez quilos de comida por ano entre africanos e asiáticos. Nesses locais, o acesso a energia elétrica poderia diminuir a pressão por novas lavouras à custa da derrubada de florestas. Falhas na refrigeração provocam perdas anuais de US$ 400 milhões por ano em laticínios, pescados e carnes.

Nos países ricos, o descarte chega a 100 quilos por habitante ao ano. Porções exageradas não consumidas completamente nos restaurantes e compras esquecidas no fundo da geladeira até estragar são os principais motivos. A sugestão dos especialistas é a opção por compras sob medida para o consumo imediato e a diminuição no tamanho das geladeiras. Outra mazela a ser combatida é o rígido padrão estético das donas de casa, isso leva à perda de alimentos que estejam fora dos modelos pré-estabelecidos de cor, tamanho e brilho. Apesar de “feios”, esses alimentos são tão nutritivos quanto os “perfeitos”.

A insegurança alimentar provocou conflitos recentes no Oriente Médio e na África e o desperdício de alimentos também significa desperdício de horas de trabalho, fertilizantes, além de água e energia na irrigação, e consequentes emissões de gases do efeito estufa.

O lançamento da campanha pela agência da ONU integra a programação do Dia Internacional da Conscientização sobre a Perda e o Desperdício de Alimentos, que acontecerá pela primeira vez no dia 29 deste mês.

Tá bom pra você?

A saca de 50 kg de arroz entrou setembro valendo R$ 99,57. Esse valor é recorde na série histórica do Cepea/USP. Em 2020, o arroz já subiu 107,26% no atacado. Segundo o Cepea/USP, o preço do leite também bateu recorde histórico na porteira da fazenda. Em agosto, a alta foi de 10,5%. Em 2020, a inflação do leite já soma 42,9%.

Tênis ecológico.

A holandesa Mercer e a italiana Vegea acabam de anunciar a primeira linha de calçados esportivos feita com resíduos da produção do vinho, como sementes e fibras da uva. O calçado chega às lojas em dezembro e também terá resíduos de garrafas PET e sola feita com algas marinhas.

Filosofia do campo:

"Vejo vir vindo no vento o cheiro da nova estação…". Antonio Carlos Belchior (1946-2017), compositor cearense, em ‘Como Nossos Pais’.

Comentários

Tops da Gazeta