últimas notícias
Repórter da Terra
Por Nilson Regalado - Colaborador
[email protected]
Cerveja
Cerveja

Parceria vai transformar o sabor e o aroma da cerveja brasileira

As notícias do campo por Nilson Regalado

Sabe aquele gostinho ligeiramente amargo da cerveja? Pois é, ele vem de um ingrediente básico na produção da bebida: o lúpulo. É essa flor que também molda o aroma da cerveja. E dentre os grandes consumidores da loira no mundo, o Brasil é o único que não produz lúpulo em escala comercial. Resumo: com o crescimento do mercado de cervejas artesanais nos últimos cinco anos, a importação dessa matéria-prima vem aumentando. Cálculos da Associação Brasileira de Produtores de Lúpulo apontam que, só em 2019, o Brasil importou 3.600 toneladas da planta.

Mas, já há experiências de plantio no País. Uma delas surgiu ao acaso na região de Campos do Jordão, nas escarpas da Serra da Mantiqueira, com o cruzamento espontâneo de plantas que deu origem a um lúpulo 100% brasileiro. Ainda assim, a área cultivada em todo o País é minúscula, com espaço equivalente ao de 40 campos de futebol. E as artesanais ampliaram a procura por lúpulo de qualidade porque elas exigem maior quantidade do produto na fórmula. A flor também é matéria-prima para indústrias farmacêuticas e de cosméticos.

Diante deste cenário, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento acaba de firmar parceria com o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura para fomentar esta cultura no Brasil. O acordo prevê o diagnóstico do cultivo atual no Brasil, considerando as plantas utilizadas e as pesquisas já realizadas, além de mapear o potencial de expansão nos diversos climas do País. O processo é semelhante ao que permitiu a adaptação de tantas culturas, como maçã, soja, trigo...

Espiral inflacionária.
Até o preço dos ovos disparou em 2020, com índices muito acima da inflação oficial. Proteína animal mais barata que existe, o ovo está 10,7% mais caro que há 12 meses. Ainda assim, segundo o Instituto Ovos Brasil, aumentos recordes no preço do milho elevaram o custo de produção acima do valor de mercado dos ovos. Se perdurar, essa situação poderá provocar abate de galinhas poedeiras e redução da produção futura, com aumento de preços ainda maior. A maior produtora de ovos da América Latina é a cidade paulista de Bastos, quase na divisa com Mato Grosso do Sul.

Pitaya contra colesterol.
Boa notícia ‘brotou’ no laboratório da estatal Embrapa, no Ceará. Cientistas descobriram que as qualidades da pitaya vão além do sabor suave, doce e refrescante. Estudos realizados com animais mostraram que a fruta apresenta grande potencial para controle do colesterol, da glicemia e da ansiedade. Cacto, a pitaya é originária da América Central e vai muito bem no Semiárido Nordestino porque precisa de pouca água.

Filosofia do campo:
"Quando chego de Minas trago sempre na boca um gosto de terra. Chego com o coração fechado, um trem esquisito no peito. Meus olhos divagando saudades, meus pensamentos cheios de uais. Trago sempre no bolso queijos e quiabos babentos da calma mineira…". Conceição Evaristo, poeta mineira, em 'Poemas da Recordação'.

Comentários

Tops da Gazeta