últimas notícias
Repórter da Terra
Nilson Regalado traz notícias do campo que influenciam diretamente a vida do consumidor da cidade.
[email protected]
Peixe Cascudo
Peixe Cascudo

Bagre brasileiro cria incidente diplomático com Vigilância Sanitária dos EUA

Pescado entrou nos EUA de maneira ilegal através do estado de New Jersey e foi descoberto no comércio do estado de Massachussets

O contrabando de bagres da espécie Hypostomus sp, popularmente conhecido como catfish ou cascudo, para os Estados Unidos criou nesta semana mais um incidente diplomático protagonizado pelo Brasil. Com selo do Serviço de Inspeção Federal (SIF) e da Divisão de Inspeção de Produtos de Origem Animal (DIPOA), o pescado entrou nos EUA de maneira ilegal através do estado de New Jersey e foi descoberto no comércio do estado de Massachussets. A fraude foi detectada pelo setor de segurança e inspeção alimentar do governo norte-americano, o FSIS. Porém, até a última quinta-feira, o órgão ainda desconhecia a quantidade de peixe irregular embarcada no Brasil.

Diante do risco iminente para a saúde pública, o FSIS emitiu alerta para que a população evite consumir o peixe, já que os bagres não foram submetidos a análise na vigilância sanitária dos Estados Unidos, o FDA.
O peixe da ordem Siluriformes foi coletado na zona de pesca FAO 41, embalado no Brasil em 23 de abril, e seguiu congelado para os Estados Unidos em embalagens com sete quilos. Lá, o pescado foi vendido a granel, por unidade. Devido à falta de higiene detectada pela União Europeia nos barcos brasileiros, desde maio de 2018 o País é proibido de exportar peixes e frutos do mar para o primeiro mundo.

Chove lá...
A decisão do governo argentino de proibir a exportação de carne bovina para conter a carestia no País vai impactar o bolso dos brasileiros. A medida emergencial adotada nesta semana pelo presidente Alberto Fernández deverá aumentar a procura internacional pelo boi brasileiro. E esse movimento tende a elevar ainda mais o preço da carne no Brasil, que acaba de entrar no período das vacas magras, época em que a escassez de chuvas prejudica as pastagens e obriga o pecuarista a alimentar o gado com derivados de soja e milho.

...pinga aqui
Em retaliação por terem sido proibidos de faturar em dólar, os pecuaristas argentinos decidiram segurar o boi no pasto e não vender a carne para o consumidor local. Essa atitude é semelhante à adotada por fazendeiros brasileiros durante o Plano Cruzado, em 1986, quando os preços dos alimentos foram tabelados pelo governo na tentativa de conter a inflação. Aqui, os Procons precisaram até confiscar boiadas inteiras para garantir o abastecimento interno.

Menos solitários...
Um projeto audacioso vai tentar traduzir e compreender a linguagem das baleias cachalote. O estudo reúne cientistas da Universidade de Harvard, do Massachussets Institute of Technology, da City University of New York, do Imperial College de Londres e da Universidade de Haifa, em Israel.

...e mais solidários
Pelos próximos cinco anos, os pesquisadores vão navegar pelas águas do Caribe, em profundidades de até dois mil metros e em temperaturas próximas a zero grau Celsius. A expectativa é decifrar se esses mamíferos gigantes têm algo a nos ensinar...

Filosofia do campo:
“Eu não tenho paredes. Só tenho horizontes”, Mário Quintana (1906/1994), poeta gaúcho.

Comentários

Tops da Gazeta