últimas notícias
Repórter da Terra
Nilson Regalado traz notícias do campo que influenciam diretamente a vida do consumidor da cidade.
[email protected]
Neste final de semana em que tantas famílias comemoram o nascimento de Jesus com mesa farta, 59,7 milhões de pessoas passam fome na América Latina e no Caribe
Neste final de semana em que tantas famílias comemoram o nascimento de Jesus com mesa farta, 59,7 milhões de pessoas passam fome na América Latina e no Caribe

Quase 60 milhões passarão fome enquanto você brindará o nascimento de Cristo Jesus

Neste final de semana em que tantas famílias comemoram o nascimento de Jesus com mesa farta, 59,7 milhões de pessoas passam fome na América Latina e no Caribe

Neste final de semana em que tantas famílias comemoram o nascimento de Jesus com mesa farta, 59,7 milhões de pessoas passam fome na América Latina e no Caribe. Segundo o Panorama Regional de Segurança Alimentar e Nutricional, esse é o maior número de famintos na região desde o ano 2000. Embora a fome tenha voltado a crescer desde 2014, revertendo uma melhora nutricional observada na primeira década do século, o documento revela que o número de pessoas que passou a conviver com a escassez de alimentos aumentou de forma mais dramática a partir de 2019, com a adição de 13,8 milhões de adultos e crianças ao contingente de famintos nos dois continentes.

Pior, quatro em cada dez pessoas sofreram de insegurança alimentar moderada ou grave na região em 2020. Em números, isso significa que 267 milhões de habitantes da América Latina e do Caribe não sabem se terão ou não comida na mesa no dia seguinte. Isso representou 60 milhões a mais que em 2019.

Na América do Sul, que exporta grãos e carnes para o mundo inteiro, a insegurança alimentar moderada ou grave aumentou 20,5% entre 2014 e 2020. E a disparidade de gênero entre os afetados por essa restrição é evidente: 41,8% das mulheres na região sofrem de insegurança alimentar moderada ou severa, em comparação com 32,2% dos homens. E 11,3% das crianças têm altura e pessoa abaixo do desejável na região.

O relatório foi divulgado no final de novembro pela Agência da ONU para Alimentação e Agricultura (FAO), Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) e Fundo de Emergência Internacional das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Não leve para casa...

Anvisa, Ministério Público e polícias civis apreenderam 151 mil garrafas de azeite de oliva só neste mês em SP, Rio, Ceará, Goiás, Paraná e Santa Catarina. A fiscalização combateu fraudes no azeite, segundo alimento mais adulterado no mundo, atrás apenas do pescado.

...gato por lebre

Em 2021, foram retiradas do mercado as seguintes marcas: Alcazar, Alentejano, Anna, Barcelona, Barcelona Vitrais, Castelo dos Mouros, Coroa Real, Da Oliva, Del Toro, Do Chefe, Épico, Fazenda Herdade, Figueira da Foz, llha da Madeira, Monsanto, Monte Ruivo, Porto Galo, Porto Real, Quinta da Beira, Quinta da Regaleira, Torre Galiza, Tradição, Tradição Brasileira e Valle Viejo.

Maçã ‘selvagem’ chega...

Cientistas da Europa e da Nova Zelândia cruzaram macieiras selvagens com árvores usadas em pomares comerciais e acabam de produzir maçãs com casca rosada e polpa vermelha. As novas frutas perderam a adstringência das maçãs selvagens de polpa vermelha, mas mantiveram seus altos teores de antioxidantes, substância que retarda o envelhecimento das células.

...em breve às feiras

As maçãs Mountain Rose, Hidden Rose e Airlie Red Flesh apresentam aroma e sabor açucarados, com notas de acidez suave. Para alguns, elas têm gosto de algodão doce, com notas sutis de frutas cítricas.

Filosofia do campo:

“Saudade é amar um passado que ainda não passou, é recusar um presente que nos machuca, é não ver o futuro que nos convida”, Pablo Neruda (1904/1973), poeta chileno.

 

Comentários

Tops da Gazeta