últimas notícias
Em destaque
Resumo da semana das notícias mais quentes da cidade de São Paulo com Pedro Nastri, jornalista e apresentador da Rádio Trianon.
[email protected]
Drogaria na cidade de Taboão da Serra, na Grande São Paulo
Drogaria na cidade de Taboão da Serra, na Grande São Paulo

Coluna do Nastri: Medicamentos do 'kit Covid' quintuplicaram de venda

Laboratório Globo teve o maior crescimento no número de embalagens desses medicamentos vendidas: de 135 mil para 2,6 milhões em 1 ano

As vendas de cloroquina, hidroxicloroquina, azitromicina, ivermectina, nitazoxanida e doxiciclina mais que quintuplicaram em 2020 para 6 das 30 fabricantes de ao menos um desses remédios. Os medicamentos integram o chamado “kit covid”, que não tem eficácia comprovada. Os dados são da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O Laboratório Globo teve o maior crescimento no número de embalagens desses medicamentos vendidas: 1.856%. Passou de 135 mil para 2,6 milhões em 1 ano. A Vitamedic foi a que mais vendeu no ano passado (44,3 milhões). A EMS, 2ª empresa que mais vendeu em 2020, declarou em nota enviada que forneceu o medicamento a 2 estudos sobre a eficácia do remédio contra a covid-19 no Brasil. Segundo a companhia, ambos apontaram a ineficácia da hidroxicloroquina em relação à doença.

Pacaembu

O início da reforma do Pacaembu causou alvoroço nas redes sociais nesta semana. Isso porque o famoso tobogã começou a ser demolido, já que ele não fazia parte do projeto original e por isso não era tombado pelo patrimônio cultural. Concedido à iniciativa por 35 anos, o estádio será reaberto em 2024 e terá um prédio de cinco andares, que vai abrigar um centro de convenções e eventos e a maior arena de eSports do mundo. O projeto também prevê restaurantes, cafés, serviços e áreas públicas na cobertura do edifício. O Museu do Futerol, que funciona embaixo da arquibancada do estádio, continuará funcionando durante as obras.

Digital ou CPF nas farmácias?

Recentemente uma rede de farmácias foi notificada extrajudicialmente pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) por coletar a impressão digital de clientes para o cadastro em programas de relacionamento. A prática na maioria das vezes é usada alegando o fornecimento de descontos em produtos, o que pode ter razões escusas, como até a venda dos seus dados para outras empresas. É de praxe, principalmente nas grandes redes de farmácias, você ter o seu CPF solicitado imediatamente ao entrar para comprar um produto ou um medicamento. O pedido de cadastramento, segundo os atendentes, é para verificar quais os descontos válidos para você naquele dia. Em São Paulo já foi promulgada uma lei, que proíbe farmácias e drogarias de exigirem o CPF do consumidor para conceder desconto.

MASP de graça em julho

A B3 anunciou que irá patrocinar entrada gratuita no MASP, Museu de Arte de São Paulo, todas as quartas-feiras durante as férias escolares, em julho. Com a ação, o público tem dois dias seguidos de gratuidade, já que as terças a entrada no museu também é franca. O visitante tem acesso a todas as exposições em cartaz: “Erika Verzutti: a indisciplina da escultura”, “Sala de vídeo: Regina Vater”, “Conceição dos Bugres: tudo é da natureza do mundo”, “Gabinete Beatriz Milhazes”, “Degas” e "Acervo em Transformação", mostra de longa duração do MASP. O agendamento online é obrigatório, e pode ser feito pelo site masp.org.br/visite.

Comentários

Tops da Gazeta