últimas notícias
O site encontrou 44 mil membros ativos em um dos relatório e 9,5 mil bloqueados em outro
O site encontrou 44 mil membros ativos em um dos relatório e 9,5 mil bloqueados em outro
Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Dados de sócios-torcedores do Palmeiras ficam expostos em site

Os dados dos torcedores filiados ao Avanti ficaram expostos no servidor do Futebol Card; as informações estavam em 1.640 planilhas, extraídas pelo site The Hack

Os dados de milhares de torcedores do Palmeiras filiados ao Avanti, programa de sócio-torcedor do clube, ficaram expostos no servidor do Futebol Card, plataforma online de venda de ingressos. As informações estavam em 1.640 planilhas, extraídas pelo site The Hack.

As planilhas também tinham informações sobre torcedores do Botafogo e do Sport, mas a maior parte era de palmeirenses.

O The Hack conseguiu nome, data de nascimento, CPF, estado civil, plano de associação, email, telefone, endereço completo e forma de pagamento e tamanho de camisa. Há também detalhes sobre cartões usados para acessar o estádio durante os jogos.

O site encontrou 44 mil membros ativos em um dos relatório e 9,5 mil bloqueados em outro.

Embora os dados dos cartões de créditos dos associados não estejam entre os dados vazados, as planilhas oferecem informações que podem dar a qualquer hacker a chance de aplicar golpes em associados do Avanti e fazê-los acreditar que representa o programa de sócio-torcedor, os convencendo a fazer pagamentos a uma conta corrente ou fornecer número do cartão de crédito.

De acordo com o site, as informações do Futebol Card estavam armazenados em na nuvem da plataforma de uma multinacional sem especificar o grau de privacidade, o que permite acesso público aos arquivos. Após ser avisado do problema, o Futebol Card protegeu o servidor.

Procurado pela reportagem da Folha de S.Paulo, o Palmeiras disse que não ia se pronunciar por enquanto.

Comentários

Tops da Gazeta