últimas notícias

Esportes

Pela Ferrari, os melhores resultados alcançados por Vettel até hoje foram dois vice-campeonatos, em 2017 e 2018
Pela Ferrari, os melhores resultados alcançados por Vettel até hoje foram dois vice-campeonatos, em 2017 e 2018
Foto: Ferrari/Fotos Públicas

Sem acordo por renovação, Vettel deixará Ferrari ao fim da temporada

O piloto alemão está na escuderia desde 2015, ano em que saiu da Red Bull, pela qual ganhou seus quatro títulos seguidos na categoria

O tetracampeão da F-1 Sebastian Vettel deixará a Ferrari ao fim da temporada 2020, quando acaba seu contrato com a equipe italiana.

O piloto de 32 anos está na escuderia desde 2015, ano em que saiu da Red Bull, pela qual ganhou seus quatro títulos seguidos na categoria (2010, 2011, 2012 e 2013).

"Para obter os melhores resultados possíveis nesse esporte, é vital para todas as partes trabalhar em perfeita harmonia. A equipe e eu percebemos que não há mais um desejo comum de permanecermos juntos depois do fim desta temporada", afirmou.

O chefe da Ferrari, Mattia Binotto, elogiou o piloto e disse que não há uma razão específica para a não renovação do seu contrato, mas que eles concordaram que essa seria a melhor solução para o futuro de ambos.

Pela Ferrari, os melhores resultados alcançados por Vettel até hoje foram dois vice-campeonatos, em 2017 e 2018. Na temporada passada, ele ficou em quinto na classificação, atrás do seu jovem companheiro de equipe, o monegasco Charles Leclerc, 22.

Entre os nomes cogitados como possíveis substitutos do alemão estão o espanhol Carlos Sainz (hoje na McLaren), 25, o australiano Daniel Ricciardo (atualmente na Renault), 30, e o italiano Antonio Giovinazzi (da Alfa Romeo), 26.

Após vários adiamentos e cancelamentos de provas provocados pela pandemia de Covid-19, a abertura da temporada 2020 da F-1 é esperada para o dia 5 de julho, na Áustria, com portões fechados.

Comentários

Tops da Gazeta