últimas notícias
O resultado atrapalhou os planos das duas equipes no Brasileiro
O resultado atrapalhou os planos das duas equipes no Brasileiro
Foto: Rubens Chiri/SPFC

São Paulo empata com Grêmio

Com o resultado, o time paulista ocupa o quarto lugar, com 27 pontos

O São Paulo empatou com o Grêmio por 0 a 0 no Morumbi em jogo válido pela 17º rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paulista ocupa o quarto lugar, com 27 pontos. Enquanto o Grêmio acumula 21 pontos, no 10º lugar.

Mais consistente, o Grêmio criou as melhores oportunidades de gol, mas falhou nas finalizações. O São Paulo, por sua vez, parecia disposto a atropelar o rival, a julgar pelos primeiros minutos de jogo, porém os erros na defesa, principalmente na saída de bola, comprometeram qualquer tentativa de vitória em casa.

O JOGO 

São Paulo e Grêmio fizeram um primeiro tempo marcado pelo equilíbrio e por bons momentos das duas equipes em diferentes momentos da etapa. O começo foi totalmente dominado pelo time da casa. Como costuma fazer, a equipe liderada por Fernando Diniz impôs pressão e até sufoco à defesa gremista, que voltou a contar com a dupla formada por Pedro Geromel e Kannemann.

Foram 15 minutos de ataque, com chances de Luciano, Brenner e até do zagueiro Bruno Alves. O São Paulo chegou a registrar 86% de posse de bola. Com Daniel Alves de volta à lateral direita, o time anfitrião conseguia atacar com nove jogadores, impondo perigo constante ao gol dos visitantes.

A situação passou a mudar a partir dos 25 minutos. Após se segurar na defesa, o Grêmio saiu para o jogo e equilibrou as ações com finalizações perigosas de Pepê e Maicon. O time gaúcho só não conseguiu ameaçar mais porque Alisson, principal referência na armação gremista, sentiu dores no tornozelo e jogava abaixo do esperado.

Mesmo com o meia longe de sua melhor performance, o Grêmio voltou melhor para o segundo tempo, invertendo os papéis com o São Paulo, em comparação ao início do primeiro tempo. Logo aos 5, Reinaldo e Geromel dividiram na área e o zagueiro gremista pediu pênalti - o lance não foi analisado pelo VAR.

O São Paulo tinha dificuldade em sair de trás e encontrava o Grêmio mais equilibrado no meio-campo, mesmo após a saída de Alisson. Luciano acabou isolado no ataque, enquanto Daniel Alves sofria na marcação e não conseguia apoiar o setor ofensivo.

Para piorar, cometia erros bobos na defesa. Em um deles, entregou o passe e o contra-ataque nos pés de Pepê, que precisou ser derrubado quase dentro da área. Na cobrança de falta, Jean Pyerre quase abriu o placar, aos 29 minutos.

No ataque, o experiente jogador também ficou devendo. Foi sua a melhor oportunidade do São Paulo no segundo tempo, em cobrança de falta, aos 40. Na finalização, Daniel Alves isolou a bola.

Preocupado, Fernando Diniz passou a recorrer a mais jogadores da base. Mas nem Toró e ou Paulinho Boia conseguiram recuperar o setor ofensivo são-paulino.

Do outro lado, o Grêmio apostava na marcação alta, à espera de nova brecha na defesa. Mas o São Paulo se resguardou nos minutos finais e garantiu o 0 a 0.

 

Comentários

Tops da Gazeta