últimas notícias
Pela segunda vez, a Europa é do Chelsea.
Pela segunda vez, a Europa é do Chelsea.
Foto: Reprodução/Redes Sociais/UEFA

Chelsea vence o City com gol de Havertz e fatura a Champions pela 2ª vez

Diante de 14.110 torcedores, a expectativa era pela volta de Pep Guardiola à final da Champions após dez anos

Pela segunda vez, a Europa é do Chelsea. O time londrino venceu o Manchester City por 1 a 0 na tarde de hoje, no Estádio do Dragão, na cidade de Porto, em Portugal, e conquistou a Liga dos Campeões após nove anos. Kai Havertz anotou o gol da vitória. Diante de 14.110 torcedores, a expectativa era pela volta de Pep Guardiola à final da Champions após dez anos. Mas brilhou a estrela do técnico Thomas Tuchel, que levou o Chelsea ao título quase um ano após o vice com o PSG.

Esta é a segunda conquista do Chelsea na Champions. Os Blues haviam vencido a competição pela primeira vez em 2012. Já o City, que fez a sua estreia na decisão, segue sem o tão sonhado título.

Havertz 'desencanta' na hora certa

O primeiro gol de Kai Havertz na Champions não poderia ser mais decisivo. O alemão "desencantou" ao anotar o seu primeiro gol na competição e garantir o triunfo do Chelsea. A tarde dele poderia ter sido ainda melhor se Pulisic tivesse marcado após um passe açucarado do companheiro. Foi o nome da decisão.

De Bruyne vai mal e deixa o campo com olho roxo

Um dos principais nomes do City, Kevin De Bruyne precisou deixar a partida aos 14 minutos do segundo tempo depois de um choque forte com Rüdiger. O belga levou a pior na disputa e ficou bastante tempo caído no gramado. Quando levantou, De Bruyne tinha o olho roxo e foi acompanhado pelos médicos para fora das quatro linhas. Ele saiu do jogo chorando para a entrada de Gabriel Jesus.

Chelsea surpreende e abre vantagem

Se para muitos o City era o favorito da final, o Chelsea mostrou logo cedo que as coisas não seriam bem assim. Foram do time londrino as primeiras boas chances criadas na partida. E mesmo quando o Manchester reagiu e também levou perigo, a eficiência esteve do lado dos Blues quando o alemão Havertz colocou a equipe em vantagem pouco antes do intervalo. O gol do Chelsea saiu aos 42 minutos. Mount recebeu a bola pela esquerda e deu um passe milimétrico para Havertz, que partiu em velocidade, driblou o goleiro Ederson e mandou para a rede.

Foi o primeiro gol de Havertz na Champions.

Thiago Silva sente lesão e sai no 1º tempo

A segunda final de Champions consecutiva de Thiago Silva acabou antes do intervalo. O zagueiro brasileiro sentiu uma lesão na virilha e precisou ser substituído aos 38 minutos do primeiro tempo. Ele deu lugar a Christensen.

Thiago Silva virou preocupação para o técnico Thomas Tuchel perto dos 35 minutos. Ele levou a mão à virilha e precisou receber atendimento fora de campo. O defensor ainda tentou seguir na partida, mas pediu para sair logo na sequência.

Tuchel leva a melhor contra Guardiola

No duelo dos treinadores, quem levou a melhor foi Thomas Tuchel. Em sua segunda final consecutiva de Champions, o treinador conseguiu um roteiro diferente do vice com o PSG na temporada passada e comandou o Chelsea na conquista. Guardiola, por sua vez, vê a possibilidade de conquistar o seu quarto título de Champions escapar - ele foi três vezes campeão do torneio com o Barcelona (uma como jogador e duas como técnico).

MANCHESTER CITY: Ederson; Walker, Stones, Rúben Dias, Zinchenko; Bernardo Silva, Gundogan, De Bruyne (Gabriel Jesus) e Bernardo Silva (Fernandinho); Sterling (Aguero), Mahrez e Foden Técnico: Pep Guardiola

CHELSEA: Mendy; Azpilicueta, Thiago Silva (Christensen) e Rudiger; James, Jorginho, Kanté e Chilwell; Havertz, Werner (Pulisic) e Mount (Kovacic) Técnico: Thomas Tuchel

FICHA TÉCNICA:
MANCHESTER CITY 0 X 1 CHELSEA
Local: Estádio do Dragão, no Porto (Portugal)
Data: 29 de maio de 2021, sábado
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Antonio Mateu Lahoz (ESP)
Assistentes: Pau Cebrián Devís (ESP) e Roberto del Palomar (ESP)
VAR: Alejandro Hernández (ESP) Cartões amarelos: Gundogan e Gabriel Jesus (Manchester City); Rudiger (Chelsea)
GOLS: Havertz, aos 42 minutos do 1º T (Chelsea)

Comentários

Tops da Gazeta