últimas notícias

Acervo

Cuca realizará cirurgia no coração e deve deixar o Santos após Brasileiro

O treinador sofreu um princípio de enfarte no duelo do Santos contra o Cruzeiro no dia 23 de setembro Por Folhapress De São Paulo

Após o empate do Santos contra o Botafogo nesta quarta-feira (21), na Vila Belmiro, o técnico Cuca admitiu que pode deixar o Santos após o término do Campeonato Brasileiro. Apesar do desgaste com o presidente José Carlos Peres, a saída do treinador não deve ser por conta disso e, sim, por um problema de saúde.

Cuca sofreu um princípio de enfarte no duelo do Santos contra o Cruzeiro no dia 23 de setembro e, após uma bateria de exames, o treinador terá que passar por uma cirurgia cardíaca após o fim da competição nacional.

O treinador admitiu o problema, mas fez questão de dizer que o fato não era para ser revelado. Cuca estava se referindo ao presidente santista, que deixou "escapar" que só perderia o técnico se fosse por problemas de saúde em entrevista ao Band Sports nesta semana.

"Tenho um problema de saúde e, provavelmente, vai me tirar [do Santos] para eu cuidar dele, mas não era para ter falado [o presidente José Carlos Peres]", afirmou Cuca.

Cuca falou em tom de despedida ao ser questionado sobre a sua permanência em 2019. O treinador admitiu que se reuniu com o presidente José Carlos Peres após a derrota para o América-MG, no último domingo (18), mas evitou se aprofundar no planejamento para a próxima temporada.

"Tenho conversado bastante com o Peres. No último jogo, depois do jogo contra o América-MG, ficamos mais de uma hora conversando. Vamos esperar acabar da melhor forma possível o ano, fazendo o melhor que podemos. Eu sou funcionário do Santos, tenho que já ir planejando o Santos para o ano que vem. É a minha obrigação, é o meu trabalho, eu ganho para isso. Se me consultarem, se pedirem minha ajuda, estarei de braços abertos para ajudar, mas não sou eu que tenho que fazer as coisas. As coisas têm que acontecer simultaneamente", disse.

Tops da Gazeta