últimas notícias

Acervo

Mancini diz que não mudou de ideia e agiu para viabilizar chegada de Cuca ao São Paulo

A presença de Mancini como técnico interino foi um pedido de Cuca, anunciado nesta quinta (14) como novo técnico do Tricolor Por Folhapress De São Paulo

No segundo dia de trabalho como técnico interino do São Paulo, Vagner Mancini foi escalado para conceder entrevista coletiva no CT da Barra Funda. Foi uma chance de tentar esclarecer as promessas que fez no início do ano, de não treinar o Tricolor "em nenhuma hipótese" durante seu período como coordenador técnico.

"Na verdade, não houve mudança de ideia. Eu realmente afirmei que em hipótese alguma assumiria o São Paulo. Estou fechado para o mercado, que isso fique bem claro. Assumo aqui para viabilizar a vinda do novo treinador, com quem já falei e me sinto muito à vontade", disse.

O comando de Mancini como interino deve durar dois meses, ou enquanto o São Paulo disputar o Campeonato Paulista. A presença dele no posto foi um pedido de Cuca, anunciado nesta quinta (14) como novo técnico do Tricolor. Essa situação específica, além de longas reuniões com a diretoria, fizeram Mancini aceitar a tarefa.

"Estamos mantendo contato (com Cuca). Tive uma conversa longa com ele. Estando à frente do time vou ter a chance de mexer, escalar e dar sequência por minha cabeça, mas óbvio que quero manter contato e escutar. Até para ele já fazer parte do processo. Ele já faz parte do dia a dia e as conversas serão frequentes", explicou.

OUTRA MUDANÇA

O São Paulo anunciou mais uma alteração no corpo técnico. O auxiliar Sandro Forner foi dispensado pelo clube. Ele chegou em dezembro, convidado por André Jardine, que foi afastado do cargo de treinador e deve retornar a Cotia.

Tops da Gazeta