X

Mistério

Adolescente de 15 anos suspeito de triplo homicídio é encontrado morto

Principal suspeito de matar uma família na cidade vizinha de Agudos desapareceu logo após a descoberta dos corpos

Hebert Dabanovich

Publicado em 28/05/2024 às 15:01

Atualizado em 28/05/2024 às 15:02

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Vítimas apresentavam ferimentos fatais causados por facadas no pescoço / Divulgação/Arquivo Pessoal

Um adolescente de 15 anos foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (27/05) em um prédio abandonado na Vila Regina, localizada em Bauru–SP. Ele era investigado como principal suspeito de ter cometido um triplo homicídio na cidade vizinha de Agudos, na última sexta-feira (24/05).

Entenda o caso

Três pessoas da mesma família foram encontradas mortas a facadas na residência do casal. As vítimas deste crime foram identificadas como um casal de idosos, Joana de Fátima Sanches Carrasco, de 70 anos, e Aparecido Roberto Carrasco, de 74 anos, além do genro do casal, Valdinei de Sousa, de 57 anos.

Quem acionou a polícia foi a filha do casal, e esposa de Valdinei, após tentar contato com os 3 familiares sem resposta. Ela se deslocou até a casa dos pais, quando encontrou os corpos, um em cada cômodo. Caso aconteceu na última sexta-feira (24/05)

Os relatórios policiais apontaram que as vítimas apresentavam ferimentos causados por facadas no pescoço. Não foram encontrados sinais de arrombamento na residência, nem evidências de luta entre as vítimas e um possível agressor.

Principal suspeito

O adolescente, que residia próximo às vítimas, desapareceu logo após a descoberta dos corpos. De acordo com informações da Polícia Civil que investiga o caso, o menor teria ficado com um dos aparelhos das vítimas do crime.

Ele foi localizado no edifício abandonado em Bauru, onde foi encontrado com ferimentos nas costas. No entanto, não está claro se estes ferimentos foram resultados de um acidente, suicídio ou homicídio. Identidade dele ainda não foi revelada.

Investigações

A motivação para o crime permanece sendo mistério. A polícia está considerando diversas possibilidades, incluindo a hipótese de latrocínio, vingança ou desavenças pessoais.

Investigação sobre a morte das três pessoas da mesma família está em curso e o delegado encarregado do caso, Marcos Jeferson da Silva, não descarta nenhuma linha de investigação.

Segundo Silva, pode ser um caso de latrocínio (roubo seguido de morte) que não deu certo porque nada foi levado das vítimas. Pode também ser homicídio por vingança entre outras motivações que ainda serão apuradas. Não se sabe se o adolescente foi morto por ser um suspeito ou se foi apenas coincidência. 

*Texto sob supervisão de Lara Madeira

 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CINEMA

18 filmes com plot twists marcantes para quem adora se surpreender

Com nove filmes clássicos e nove mais alternativos, confira as sinopses das recomendações feitas pela Gazeta

Oportunidade de emprego

Embraer abre 66 vagas de emprego em diversas cidades; confira

Empresa, com sede em São José dos Campos, oferece 42 postos de emprego efetivo e 24 vagas no banco de talentos

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter