últimas notícias

Idosa morre após dar entrada em UPA

A idosa Maria Rita Ataíde da Silva, de 68 anos, morreu após dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Noroeste, em Santos, na noite do último dia 2 (sábado). Ao "Diário do Litoral" a família de Maria Rita disse que houve negligência no atendimento, já que "os profissionais da unidade não perceberam a gravidade do caso", segundo eles.

"Minha mãe começou a sentir dores no estômago em casa, no período da tarde, mas não falou pra gente. Porém, essa dor foi aumentando e ela se queixou. Foi quando decidi levá-la até a UPA da Zona Noroeste, que é a mais próxima de onde moramos", relata Sandra Ataíde da Silva (42), filha de Maria Rita.

Ainda segundo o relato de Sandra à reportagem, houve demora para fazer a ficha de atendimento. "Assim que chegamos falei que a dor no estômago da minha mãe tinha se espalhado para o peito e ficado mais intensa. Porém, pediram que eu aguardasse a vez dela na triagem", explicou.

Sandra informou que, assim que foi chamada na triagem, os enfermeiros constaram que a pressão arterial de Maria Rita estava muito alta (20 por 11). Mas, em vez de encaminharem a paciente à emergência, pediram que ela fosse fazer a ficha para o atendimento médico.

Procurada, a Prefeitura de Santos - por meio de sua assessoria de imprensa - informou que a paciente deu entrada na UPA da Zona Noroeste às 21h37, sendo encaminhada ao atendimento de emergência às 22h20, onde teve uma parada cardiorrespiratória.
(Jeferson Marques/DL)

Tops da Gazeta