últimas notícias
Moradora diz que mesmo tirando a água com o rodo, ela volta
Moradora diz que mesmo tirando a água com o rodo, ela volta
Foto: Nair Bueno/DL

Problema de drenagem causa transtorno em São Vicente

Por causa de problemas na rede de drenagem de águas pluviais, quintal de moradora do bairro Vila Voturuá alaga

Sair da própria casa em dias de chuva se tornou um transtorno para uma moradora do bairro Vila Voturuá, em São Vicente, na Baixada Santista. Por conta de problemas na rede de drenagem de águas pluviais, o quintal alaga e faz com que os residentes tenham que pisar na água para sair da própria casa. O problema acontece na Rua São Jorge, próximo a linha vermelha.

Vinte e quatro horas depois que as chuvas cessam, a água segue acumulada no local. Sônia Valéria Silva - que reside na mesma casa há mais de 40 anos - conta que os problemas surgiram em janeiro, mas pioraram este mês.

"Eu tiro com o rodo e meia hora depois está cheio novamente, não sei o que acontece", lamenta Sônia.

Ainda de acordo com a moradora, em alguns dias a água que se acumula é de coloração escura e com forte odor. "Minha irmã é da área da saúde e está preocupada que isso nos traga doenças".

Em um primeiro momento, Sônia achou que o problema era da própria residência e chamou uma empresa especializada para resolver. "Eles me falaram que poderiam até desentupir, mas, como não é um problema da minha casa, voltaria a acontecer".

A Sabesp também encaminhou uma equipe à rua para verificar redes e ramal de coleta de esgotos, confirmando que o sistema de esgotamento sanitário opera normalmente e que a situação tem origem nas galerias das águas pluviais, cuja manutenção não compete à companhia.

Há uma semana, no dia 4, Sônia entrou em contato com a Administração Municipal, mas segue sem retorno.

Em nota, a Prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedup), informou que o pedido foi inserido no cronograma de serviços e será realizado nos próximos dias, ressaltando que trabalha com agendamentos, conforme a chegada de pedidos.
(Caroline Souza/DL)

Tops da Gazeta