últimas notícias
Governador de São Paulo, João Doria participou de anúncio da Scania em São Bernardo do Campo
Governador de São Paulo, João Doria participou de anúncio da Scania em São Bernardo do Campo
Foto: DIVULGAÇÃO/GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Montadora vai investir 1,4 bilhão

SCANIA. Valor será aplicado no período entre 2021 e 2024 na modernização da fábrica em São Bernardo do Campo, no ABC

A Scania anunciou na manhã desta terça-feira que vai investir R$ 1,4 bilhão na fábrica de São Bernardo do Campo, na região do Grande ABC. O montante será aplicado no período entre 2021 e 2024 na modernização da planta. Os recursos se somam a outros R$ 2,6 bilhões que vem sendo investidos desde 2016, previstos até 2020.

O anúncio na manhã desta terça contou com a presença do governador João Doria (PSDB), do secretário da Fazenda e Planejamento do Estado Henrique Meirelles (MDB), da secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado Patrícia Ellen e do prefeito Orlando Morando (PSDB).

O valor de R$ 1,4 bilhão será direcionado para modernização da fábrica. De acordo com o presidente e CEO da Scania Latin America, Christopher Podgorski, a empresa está ampliando o patamar de investimento no País, para atender as novas tendências globais de transportes. "Estamos há 62 anos no Brasil sempre acreditando na visão de longo prazo e potencial do País e esse aporte reforça nossa jornada em direção ao transporte sustentável", disse Podgorski.

João Doria celebrou o anúncio. "A Scania anuncia um novo investimento de
R$ 1,4 bilhão nesta fábrica aqui em São Bernardo do Campo, gerando mais empregos, mais renda, mais tecnologia e dando um voto de confiança em São Paulo, em São Bernardo do Campo e no Brasil", disse. "É uma grande alegria para o governo do estado de São Paulo poder receber a informação de mais esse novo investimento", afirmou o governador tucano.

PROGRAMA.

Com o investimento anunciado pela Scania, o governo do estado de São Paulo afirma que a fabricante poderá se enquadrar no Programa IncentivAuto, que tem por objetivo modernizar a indústria automobilística no Estado, ampliar a produção de veículos, gerar novos empregos e aumentar a receita a partir da oferta de descontos progressivos, de até 25%, do ICMS devido nos produtos fabricados em São Paulo.

A Scania se candidata, se desejar participar do IncentivAuto, já que que está fazendo um investimento de R$ 1,4 bilhão. São R$ 400 milhões a mais do limite mínimo e garantindo o mínimo de 400 novos empregos vinculadamente a esses investimentos no Estado.

"É a indústria de São Paulo crescendo, gerando empregos, gerando tecnologia e contribuindo para que esta tecnologia se materialize em mais empregos para os brasileiros de São Paulo", destacou João Doria.

Para participar do IncentivAuto, empresas interessadas devem apresentar plano de investimento superior a R$ 1 bilhão no Estado e criar, no mínimo, 400 postos de trabalho.

O desconto de ICMS aumenta de acordo com o tamanho do investimento feito pela montadora e só é repassado após a conclusão do aporte. Entre os critérios, poderão ser aceitas propostas de novas fábricas, novas unidades de produção, novos produtos e expansão de plantas industriais. As empresas inicialmente deverão apresentar os projetos junto à Comissão de Avaliação da Política de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, constituída por integrantes da Secretaria da Fazenda e Planejamento e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. (GSP)

Tops da Gazeta