últimas notícias
De acordo com a Comissão Processante, o prefeito deixou 
de tomar medidas para evitar prejuízos aos cofres públicos
De acordo com a Comissão Processante, o prefeito deixou de tomar medidas para evitar prejuízos aos cofres públicos
Foto: REPRODUÇÃO TV TEM

Câmara afasta prefeito de Tupã e vice assume cargo

A Câmara de Vereadores de Tupã, no interior de São Paulo, aprovou na noite de terça-feira o processo de cassação do prefeito José Ricardo Raymundo (PV). O processo foi aprovado por 11 votos a favor e quatro contra.

Com a aprovação, Raymundo foi afastado do cargo. O vice Caio Aoqui (PD) foi empossado em seu lugar na manhã desta quarta-feira.

De acordo com o "G1", a ação contra Raymundo se iniciou após um morador da cidade protocolar em março sobre a epidemia de dengue vivida pela cidade, a maior de sua história. Segundo o morador, a epidemia seria o resultado da omissão do poder público.

O documento apresentava ainda outros problemas, como a quantidade de buracos no asfalto e enchentes ocorridas em março.

De acordo com a Comissão Processante, o prefeito deixou de tomar medidas para evitar prejuízos aos cofres público.

O prefeito negou as irregularidades e afirmou à "TV TEM" que vai recorrer da decisão da Câmara de Vereadores. (GSP)

Tops da Gazeta