últimas notícias

MP-SP pede fim de passeios de charretes

Os passeios de charretes com tração animal, uma das tradições de Aparecida, cidade do Vale do Paraíba, está com os dias contados. O Ministério Público de São Paulo (MP- SP) entrou com ação contra a prefeitura, alegando que os cavalos usados pelos charreteiros sofrem maus-tratos. A administração municipal informou que vai pedir à Justiça um prazo para acabar com esse tipo de transporte.

Atualmente, 38 charretes com tração animal têm licença do município para realizar passeios turísticos com passageiros. O promotor público Laerte Fernando Levai, autor da ação, afirma que os animais são obrigados a puxar charretes com até seis pessoas e excesso de peso. Também afirma que os condutores usam chicotes para fustigar os animais. O promotor pede que as licenças sejam revogadas e que os cavalos debilitados, doentes ou idosos sejam colocados sob os cuidados de órgãos da prefeitura ou de organismos de defesa dos animais. A prefeitura informou que vai estudar uma forma de manter os passeios turísticos com veículos sem tração animal. Conforme a Secretaria de Segurança Pública e Trânsito, será assinado um termo de ajustamento de conduta (TAC) com o MP para que o serviço de charretes com tração animal seja extinto até o fim deste ano. A pasta vai se reunir com os charreteiros para discutir o novo modelo. (EC)

Tops da Gazeta