últimas notícias

Taubaté vai abrigar primeira escola cívico-militar de SP

A prefeitura de Taubaté, no Interior, anunciou esta semana que vai abrigar a primeira escola cívico-militar do Estado, nos moldes idealizados pelo presidente Jair Bolsonaro, a partir de fevereiro de 2020. O País já tem 203 colégios nesse formato, em que a gestão é compartilhada entre civis e militares.

O prefeito Ortiz Junior (PSDB) anunciou na segunda- feira(2) em rede social, a instalação do colégio em um prédio construído para abrigar uma escola técnica estadual. "A prefeitura construiu esse prédio há dois anos e esse espaço ficou disponível", disse Ortiz.

Segundo Ortiz, a proposta partiu da deputada estadual Letícia Aguiar (PSL), autora de um projeto de lei que incentiva escolas cívico-militares no Estado.

"Quando Letícia me falou, pensei que já temos área para isso, com quadra esportiva coberta, campo de futebol e ao lado de uma escola preparatória para pessoas que vão entrar no mercado aeronáutico."

O prédio fica próximo da Escola Municipal de Ciências Aeronáuticas, que forma mecânicos e técnicos em manutenção de aeronaves. O novo colégio deve atender alunos do ensino médio. A deputada contou que há dois anos, antes de sua eleição, viajou até Goiânia para ver como funciona esse modelo de ensino. "É eficiente, tem qualidade, alto desempenho e os alunos respeitam o professor na sala de aula", disse.

A disciplina em sala de aula é uma das principais vantagens do modelo destacado pelos defensores do projeto.

O formato, porém, também é alvo de críticas. Na Bahia, por exemplo, há 13 unidades nesse modelo, chamado de "autoritário" pelo Ministério Público Federal (MPF) do Estado no mês passado. O órgão recomendou que as escolas não mais interfiram em corte de cabelo, cor das unhas e maquiagem dos estudantes ou os impeça de namorar. Para o MPF, elas "restringem a liberdade de expressão" ao proibir até que frequentem locais de jogos eletrônicos e controlar suas redes sociais.

O Ministério da Educação (MEC) informou que ainda não houve tratativas entre a prefeitura e a pasta para a criação da escola cívico-militar em Taubaté. Já Secretaria da Educação de Taubaté declarou que os detalhes ainda estão sendo definidos. (EC)

Tops da Gazeta