últimas notícias
A arma usada no homicídio foi uma pistola calibre 380; o autor do crime seria atirador
A arma usada no homicídio foi uma pistola calibre 380; o autor do crime seria atirador
Foto: REPRODUÇÃO EPTV

Advogado mata namorada a tiros em Campinas

Advogado confessou ter matado namorada em condomínio de luxo, após uma discussão; caso foi registrado como feminicídio

Um advogado matou a namorada a tiros em condomínio de luxo em Campinas, no interior paulista, na noite de terça-feira. Felipe Faccio Moretti, de 31 anos, confessou ter atirado em Ana Mahas Zaher, de 38 anos, após uma discussão, segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP).

Ana foi atingida por quatro disparos e morreu na residência do namorado. Após o crime, Moretti atirou contra si mesmo e teve um ferimento no ombro. O advogado chegou a fugir do local, mas decidiu se entregar à polícia após contato com a mãe.

A arma usada no homicídio foi uma pistola calibre 380. De acordo com informações do "G1", o autor do crime é atirador.

Moretti foi preso em flagrante e internado no Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp. Na manhã desta quarta-feira, ele recebeu alta e foi para a delegacia.

O caso foi registrado na 2ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) da cidade como feminicídio e violência
doméstica.

A Polícia Científica realizou perícia na casa onde o advogado mora com os pais, localizada na avenida Abraham Steinberg, no bairro Jardim Palmeira. Na manhã de ontem, o corpo de Ana permaneceu no Instituto Médico Legal (IML) da cidade. Não havia informações sobre velório e sepultamento da vítima.
(GSP)

Tops da Gazeta