últimas notícias
Um homem foi preso em Ribeirão Preto, no interior paulista, suspeito de atirar nos filhos com uma arma de airsoft
Um homem foi preso em Ribeirão Preto, no interior paulista, suspeito de atirar nos filhos com uma arma de airsoft
Foto: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Pai é preso por atirar nos filhos com arma de airsoft

Um homem foi preso em Ribeirão Preto, no interior paulista, suspeito de atirar nos filhos com uma arma de airsoft. Em depoimento à polícia, o montador, de 34 anos, disse que atirava porque as crianças se recusaram a realizar afazeres domésticos. As duas vítimas de 9 e 15 anos ficarão sob a guarda dos avós maternos. A tortura foi descoberta pela professora da adolescente, que notou os ferimentos, e acionou a Polícia Militar. As informações são do "G1".

O pai das crianças irá responder por tortura e teve a prisão em flagrante convertida em preventiva durante audiência de custódia na Justiça nesta terça-feira. A polícia também irá investigar a mãe, 31, das vítimas.

Na delegacia, a mãe das crianças confirmou que o marido é agressivo. Ela disse também que nunca denunciou o suspeito porque tem medo dele e também de perder a guarda do filho caçula, que é adotado. As vítimas confirmaram que eram punidos sempre que deixam de realizar afazeres domésticos

A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) deve investigar o caso. (GSP)

Tops da Gazeta