últimas notícias
Emanuelle foi encontrada morta no dia 13 janeiro depois de ficar três dias desaparecida e enterrada no dia 14 deste mês
Emanuelle foi encontrada morta no dia 13 janeiro depois de ficar três dias desaparecida e enterrada no dia 14 deste mês
Foto: REPRODUÇÃO TV TEM

Casa do suspeito de matar menina a facadas é incendiada

Segundo o Corpo de Bombeiros de Ourinhos, a casa estava vazia no momento das chamas e ninguém ficou ferido

A casa do suspeito de ter matado a facada a menina Emanuelle, de 8 anos, em Chavantes, no interior paulista, foi incendiada. A polícia informou que o incêndio foi criminoso. De acordo com o Corpo de Bombeiros de Ourinhos, a casa estava vazia no momento das chamas e ninguém ficou ferido. O fogo foi controlado com ajuda de moradores e de um caminhão-pipa da prefeitura.

Ninguém foi preso até o momento.

O laudo sobre o as causas do incêndio foi divulgado nesta quinta-feira (23). O documento mostra que o fogo teve início na sala da residência. No entanto, o laudo não especifica o que foi utilizado para acender o fogo.

O suspeito de matar a menina era vizinho da família da vítima. Aguinaldo Guilherme Assunção foi encontrado morto na cela onde estava preso, no último dia 15, após confessar ter assassinado a menina. Emanuelle foi encontrada morta no dia 13 janeiro, na zona rural de Chavantes, depois de ficar três dias desaparecida e enterrada no dia 14 deste mês.

Tops da Gazeta