últimas notícias
A linha intermunicipal 191 (Taboão da Serra/Parque Pinheiros - Metrô Butantã) subiu para R$ 5,15
A linha intermunicipal 191 (Taboão da Serra/Parque Pinheiros - Metrô Butantã) subiu para R$ 5,15
Foto: MATHEUS HERBERT

Nova tarifa 'pesa no bolso do trabalhador', reclamam passageiros

Com um reajuste de 5,25%, os valores dispararam e a passagem de ônibus mais cara entre as cidades que compõem a região sudoeste da Grande SP chegou a R$ 12,80

Desde domingo (26) os moradores da região metropolitana de São Paulo estão pagando mais caro na tarifa dos ônibus intermunicipais (EMTU). Com um reajuste de 5,25%, os valores dispararam e a passagem mais cara entre as cidades que compõem a região sudoeste da Grande SP chegou a R$ 12,80, com a linha 282 (Terminal Rodoviário Juquitiba/Terminal Rodoviário Tietê). Além da alta impactar o orçamento das famílias, que já começam o ano com outros impostos, os passageiros cobram melhorias, como integração entre as linhas e aumento da frota.

"Ano passado já teve um reajuste, este ano novamente. Tudo isso fica pesado no bolso do trabalhador. Se uma pessoa ganha um salário mínimo, em torno de R$ 1 mil, não dá para gastar cerca de R$ 300 por mês com o transporte", disse Mariete Santana, moradora de Itapecerica da Serra. No ano passado a tarifa da linha 032 (Itapecerica da Serra/Parque Paraíso - Pinheiros/São Paulo) custava R$ 5,45 e passou para R$ 5,80.

A linha 079 (Taboão da Serra/Jardim São Judas Tadeu - Pinheiros/São Paulo) passou para R$ 5,65. Já a 078 (Embu das Artes/Parque Pirajussara - Pinheiros/São Paulo) subiu para R$ 5,80. A linha 191 (Taboão da Serra/Parque Pinheiros - Metrô Butantã) subiu para R$ 5,15.

"Há muito tempo ouvimos histórias de que implantariam integração entre as linhas, mas nunca aconteceu. Um valor alto como esse deveria ter integração, além de mais ônibus em circulação", diz a estudante Carol Campos, de 25 anos, moradora de Taboão da Serra.

De acordo com a EMTU, os valores variam conforme os trechos percorridos. Todos os valores podem ser consultados em www.emtu.sp.gov.br. A EMTU não informou até o fechamento desta reportagem se existe a previsão para integração e também sobre o aumento da frota.

Tops da Gazeta