últimas notícias
A Câmara Municipal teve uma renovação de 46%; do total de 13 cadeiras, seis delas serão ocupadas por novos vereadores
A Câmara Municipal teve uma renovação de 46%; do total de 13 cadeiras, seis delas serão ocupadas por novos vereadores
Foto: MATHEUS HERBERT/GAZETA DE S.PAULO

Câmara de Taboão adia votação do Orçamento mais uma vez

O impasse, desde novembro, engessa o governo que precisa administrar os gastos utilizando um doze avos da arrecadação

Os vereadores de Taboão da Serra deveriam votar o Orçamento Municipal na manhã de ontem (28), mas, sem acordo, decidiram agendar uma sessão extraordinária para a próxima sexta-feira, dia 31. O impasse, desde novembro, engessa o governo que precisa administrar os gastos utilizando um doze avos da arrecadação.

A sessão marcada para começar às 10h de ontem só foi iniciada às 11h46, por falta de quórum. Após o início, foi realizado minuto de silêncio para duas moradoras que morreram na cidade e a sessão foi encerrada.

Desde o final do ano passado, os vereadores discutem cerca de 70 emendas. A previsão orçamentária de 2020 para Taboão está em torno de R$ 900 milhões.

Este ano o que dificulta a discussão do orçamento é a eleição municipal. O legislativo de Taboão conta com 13 vereadores, cinco do PSDB, mesmo partido do prefeito Fernando Fernandes. Coligações, cargos, mudanças de partido e possíveis chapas são debatidos junto com o orçamento.

Tops da Gazeta