últimas notícias
Há duas semanas, pelo menos, longas filas se foram dentro e nos quarteirões em torno do banco
Há duas semanas, pelo menos, longas filas se foram dentro e nos quarteirões em torno do banco
Foto: Divulgação

Caixa Econômica Federal de Caraguatatuba é autuada por não evitar filas

Ato é considerado desrespeito a decretos municipais que proíbem aglomerações

A agência da Caixa Econômica Federal (CEF) de Caraguatatuba foi autuada pela Vigilância Sanitária, da Secretaria Municipal de Saúde, por desrespeito aos decretos municipais 1.234, 1.235, 1.237 e 1.238 ao manter clientes e usuários amontoados em tempos de prevenção contra o novo coronavírus (Covid-19). Há duas semanas, pelo menos, longas filas se foram dentro e nos quarteirões em torno do banco.

Quando os agentes chegaram ao local perceberem que não havia marcações no chão para manter as pessoas com distância mínima de um metro entre elas. O mesmo ocorreu do lado de fora da agência onde centenas de pessoas se amontoavam. A Polícia Militar foi acionada para ajudar no distanciamento entre os usuários.

Desde que o governo federal anunciou o pagamento de R$ 600 como auxílio emergencial a cidadão para trabalhadores que têm direito neste momento de pandemia provocada pelo novo coronavírus (Covid-19), as filas e aglomerações têm sido uma constante em frente à agencia bancária que também reduziu o número de funcionários.

A gerência do banco, que possui uma única agência no município que tem mais de 121 mil moradores, respondeu a questionamento feito pelo Procon de Caraguatatuba, que são sete bancários trabalhando, o que representa 30% da equipe.

Após a notificação da Vigilância Sanitária, o banco tem 10 dias para se defender e, de acordo com as providências ou reincidências pode ser autuado em até 1.000 VRM (Valor de Referência do Município), o que equivale hoje a R$ 3.570.

A maior parte dos usuários que vai à agência é para receber os R$ 600, mas a maioria, conforme a gerência, não precisaria se dirigir à unidade porque o recurso anda não foi liberado e as solicitações podem ser feitas pela internet. “Asseguro que mais de 50% dos clientes não precisavam vir até a unidade”, informou o banco ao órgão fiscalizador.

Para isso, correntistas e não correntistas que terão direito ao benefício devem ficar de olho no calendário divulgado pelo governo federal porque o cadastramento não será feito na agência e o dinheiro não será liberado antes do prazo.

Os saques dos R$ 600 em espécies começam a partir de 27 de abril para nascidos em janeiro e fevereiro; 28 para março e abril; 29 para maio e junho; 30 para julho e agosto; 4 de maio para setembro e outubro; e 5 de maio para os que fazem aniversário em novembro e dezembro.

A CEF destaca que como forma de reduzir as aglomerações, pessoas dos grupos de riscos e preferenciais são atendidos das 9h às 10h e o restante da população das 10h às 14h. “Já colocamos informes na agência e temos quatro pessoas do lado de fora, além das marcações de distanciamento no chão”, conclui as informações da gerência.

Para saber se tem direito e se cadastrar no auxílio emergencial ao cidadão é preciso entrar nos sites abaixo:

- Site: https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio
- Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.caixa.auxilio
- IOS: https://apps.apple.com/br/app/caixa-aux%C3%ADlio-emergencial/id1506494331

Comentários

Tops da Gazeta