últimas notícias
Comércio fechado em Taboão da Serra, na região metropolitana de São Paulo
Comércio fechado em Taboão da Serra, na região metropolitana de São Paulo
Foto: Ricardo Vaz/PMTS

Com 1,5 mil mortes em uma semana, SP chega a 10.767 mil vítimas fatais por Covid-19

A cidade com mais mortes pelo novo coronavírus no Estado é a Capital; depois, vêm Guarulhos, Osasco, São Bernardo do Campo e Santos

O estado de São Paulo registrou 10.767 mortes pelo novo coronavírus nesta segunda-feira. O número representa um crescimento de 1.579 casos em relação à última segunda-feira (8), quando havia 9.188 vítimas fatais em São Paulo. Há ainda 181.460 casos confirmados da doença.

Macaque in the trees
Arte: Gazeta de S.Paulo

De acordo com o governo paulista, a cidade com mais mortes pelo novo coronavírus no Estado é a Capital, com 5.652 vítimas fatais. Depois, vêm Guarulhos (469), Osasco (400), São Bernardo do Campo (286) e Santos (225).

A doença já chegou a 578 municípios paulistas. Na região metropolitana há 22,9% de leitos livres de UTI dedicados a pacientes com Covid-19. Esse número é de 29,4% no Estado.

 

A região metropolitana de São Paulo e a Baixada Santista avançaram ao nível 2 do plano de retomada econômica do governo estadual e podem a partir desta segunda-feira reabrir o comércio e os shoppings centers. A decisão final e as datas da reabertura dependem das prefeituras de cada município.

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta