últimas notícias
Fernando Capez é presidente do Procon.SP
Fernando Capez é presidente do Procon.SP
Foto: Reprodução

Fernando Capez tem R$ 24 milhões bloqueados em investigação da máfia da merenda

Bloqueio está relacionado às investigações de corrupção passiva e lavagem de dinheiro; processo corre em segredo de Justiça

A Justiça Federal de São Paulo ordenou o bloqueio de R$ 24 milhões do presidente do Procon.SP e secretário especial de Defesa do Consumidor, Fernando Capez (PSDB), ex-presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). O bloqueio está relacionado às investigações da “máfia da merenda”. O processo corre em segredo de Justiça.

Em sua defesa, Capez disse que já foi inocentado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), além de outros órgãos, e afirmou que vai recorrer. Ele também disse que não tem esse montante para ser bloqueado.

De acordo com o portal “G1”, a investigação do Ministério Público começou em 2017 e apurou o suposto envolvimento de Capez em corrupção passiva e lavagem de dinheiro em esquema de compra de produtos superfaturados para a merenda de crianças que estudam nos colégios públicos do estado de São Paulo.

Capez é investigado agora pelo Ministério Público Federal (MPF) pela mesma investigação, por improbidade administrativa. No processo, a juíza Marisa Claudia Gonçalves Cucio entendeu que cabe à Justiça Federal continuar com a investigação, já que os recursos supostamente desviados e que seriam destinados à merenda infantil eram procedentes da União.

Comentários

Tops da Gazeta