últimas notícias
Movimentação intensa na manhã desta segunda-feira em Santos, no litoral sul de São Paulo
Movimentação intensa na manhã desta segunda-feira em Santos, no litoral sul de São Paulo
Foto: Nair Bueno/DL

Após flexibilização, calçadas das praias de Santos têm aglomerações

Desde segunda-feira foi liberada a prática de atividades físicas e esportivas individuais na orla e nas praias

Um dia após flexibilizar a quarentena, a cidade de Santos, no litoral sul de SP amanheceu com as calçadas movimentadas. Desde segunda-feira foi liberada a prática de atividades físicas e esportivas individuais na orla e nas praias. De acordo com a prefeitura, o objetivo da ação é promover a saúde.

A permissão vale para o calçadão e da faixa de areia para a prática de corrida e caminhada, além do surfe, canoagem individual, ‘stand up paddle’ e natação (exclusivamente para fins de treinamento) no mar.

Conforme as regras da fase laranja do Plano São Paulo de flexibilização da quarentena e de retomada econômica, na qual o município se encontra, a medida tomada pela Prefeitura foi divulgada pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa no domingo.

Ainda de acordo com a prefeitura, corrida, caminhada, surfe e canoagem individual poderão ser praticados das 6h às 10h e das 16h às 20h. Já ‘stand up paddle’ e natação, das 6h às 10h e das 16h às 18h.

“A flexibilização da praia, com regras específicas, só é possível graças aos indicadores de diminuição da ocupação de leitos de UTI na Cidade. Estamos liberando para promover saúde pública. Peço à população que a utilize com consciência. Se as regras não forem respeitadas teremos que retroceder de fase“, disse o prefeito, ressaltando o trabalho de fiscalização da Guarda Municipal.

Durante as práticas, são proibidos o contato social antes ou depois da atividade e a aglomeração de pessoas. Também é obrigatório, sempre que couber, o uso de máscaras, conforme estabelece o decreto 8.944, de 23 de abril de 2020. A Prefeitura instalará, em toda a extensão da orla, faixas, cartazes, placas, totens e outros meios de divulgação para dar publicidade às novas medidas.

PROIBIÇÕES E FISCALIZAÇÃO.

Dentro das medidas para o enfrentamento da covid-19, ainda estão proibidas a utilização da orla e das praias para fins turísticos e para atividades físicas ou esportivas coletivas, bem como para banhos de mar e instalação ou utilização de cadeiras, guarda-sóis, esteiras e barracas.

Também continuam sem permissão passeio com animais domésticos ou de estimação; prática de comércio ambulante; consumo de alimentos e bebidas alcoólicas; e utilização de bancos, cadeiras, mesas, parques infantis, brinquedos, aparelhos de ginástica e academias ar-livre da orla e da faixa arenosa.

A Secretaria de Serviços Públicos (Seserp) fará o isolamento e impedirá o acesso e utilização dos equipamentos. A Guarda Municipal fiscalizará o cumprimento das regras em toda a extensão da orla, com apoio das Pastas de Esportes, Saúde e Finanças.

O descumprimento das medidas poderá causar sanções administrativas e penais previstas na legislação em vigor. Denúncias podem ser feitas à Guarda Municipal, pelo telefone 153, ou na Ouvidoria, Transparência e Controle.

Comentários

Tops da Gazeta