últimas notícias
Animal é atendido pelo Instituto Argonauta, de Ubatuba
Animal é atendido pelo Instituto Argonauta, de Ubatuba
Foto: Divulgação/Instituto Argonauta

Litoral norte de SP tem aparição recorde de pinguins

Todos os anos espécie migra da Patagônia Argentina, mas parte acaba se perdendo do grupo e é encontrada nas praias do litoral norte

O Instituto Argonauta para Conservação Costeira e Marinha, entidade de Ubatuba de resgate e tratamento de animais marinhos, recebeu 504 pinguins-de-Magalhães das quatro cidades do litoral norte (São Sebastião, Ilhabela, Caraguatatuba e Ubatuba) desde 9 de junho. Segundo a instituição, 373 animais já chegaram mortos.

Todos os anos, segundo o instituto, a espécie migra da Patagônia Argentina, em busca de alimento, mas parte acaba se perdendo do grupo e é encontrada nas praias do litoral norte.O primeiro pinguim registrado pelo Instituto Argonauta nesta temporada foi encontrado no dia 9 de junho na praia do Itaguaçu, em Ilhabela.

A quantidade de pinguins surgida ainda no início da temporada de inverno mais que dobrou na comparação com 2019 e bate o recorde anterior, alcançado em 2018, quando a instituição registrou 245 animais encontrados.

Além dos pinguins, a temporada de inverno também traz baleias ao litoral brasileiro. Ao menos 12 foram avistadas por biólogos do instituto desde maio, mesmo número registrado durante todo o ano passado.

Quem encontrar um pinguim ou outro animal marinho no litoral norte, mesmo já morto, pode ligar para 0800 642 3341.

 

Comentários

Tops da Gazeta