últimas notícias
 Movimentação na estação Barra Funda do Metrô durante a pandemia
Movimentação na estação Barra Funda do Metrô durante a pandemia
Foto: Aloisio Mauricio/Fotoarena/Folhapress

Com 420 mortes em 24h, São Paulo registra segundo dia com mais óbitos da pandemia

A média móvel de mortes, que leva em consideração os registros dos últimos sete dias e corrige distorções, é de 267 óbitos por dia nesta terça

O estado de São Paulo registrou 420 novas mortes por coronavírus no período de 24 horas nesta terça-feira, com a confirmação de 25.571 vítimas fatais. Há também 639.562 casos confirmados da doença.

Este é segundo maior valor de óbitos já registrado em um dia no Estado, atrás apenas para 23 de junho, quando houve 434 registros.

Macaque in the trees
Arte: Gazeta de S.Paulo

O número de mortes nas últimas 24 horas não significa que, necessariamente, essas pessoas morreram nesse período, mas que houve o registro do óbito pelo governo do Estado. De acordo com o governo paulista, os registros são maiores às terças-feiras, como consequência de um atraso na contabilização de casos no fim de semana.

A média móvel de mortes, que leva em consideração os registros dos últimos sete dias e corrige distorções, é de 267 óbitos por dia nesta terça. O índice está acima de 200 mortes por dia há 76 dias consecutivos.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI chegaram a 57,2% na Grande São Paulo e 58,6% no Estado nesta semana. O número de pacientes internados é de 12.723, sendo 7.245 em enfermaria e 5.478 em UTI.

Entre as vítimas fatais estão 14.751 homens e 10.820 mulheres. Os óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 75,3% das mortes.

 

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta