últimas notícias
Doria também disse  que o Butantan iniciou a construção de uma fábrica para a produção da vacina
Doria também disse que o Butantan iniciou a construção de uma fábrica para a produção da vacina
Foto: Reprodução/Governo de SP

Doria diz que 120 mil doses da vacina contra a Covid-19 chegam em SP em 20 de novembro

Segundo o governador, até 30 de dezembro o Instituto Butantan receberá 6 milhões de doses

Em entrevista coletiva concedida na sede do Instituto Butantan, em São Paulo, o governador João Doria (PSDB) anunciou no início da tarde desta segunda-feira que as primeiras 120 mil doses da vacina Coronavac chegam da China a São Paulo no dia 20 de novembro. Segundo ele, até 30 de dezembro o Instituto Butantan receberá 6 milhões de doses.

“A Anvisa já havia autorizado, e agora as autoridades sanitárias da China também deram autorização para a importação pelo Instituto Butantan de 6 milhões de vacinas, sendo que as primeiras 120 mil doses chegam em 20 de novembro no aeroporto internacional de Guarulhos. As doses virão em lotes, e em até 30 de dezembro nós teremos as 6 milhões de vacinas em São Paulo”, disse o governador.

Ele também anunciou que chegarão insumos da vacina, “que representam mais 40 milhões de doses da vacina”.

Além disso, o tucano disse que o Instituto Butantan iniciou em 2 de novembro a construção de uma fábrica para a produção da vacina Coronavac, em parceria com o laboratório chinês Sinovac, que será montada na própria sede do instituto.

Essa nova fábrica terá 10 mil metros quadrados de área e capacidade de produzir 100 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 por ano. A previsão do governo do Estado é que a fábrica comece a operar em setembro de 2021.

“Hoje é um dia histórico para São Paulo e para o Brasil com o início das obras dessa nova fábrica da vacina do Butantan contra a Covid-19, em conjunto com o laboratório Sinovac. É um passo fundamental que consolida ainda mais o Instituto Butantan e o Brasil na liderança mundial no desenvolvimento e inovação tecnológica para a produção de vacinas”, disse o governador.

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta