últimas notícias
De acordo com a Polícia Civil, as covas onde estavam os cadáveres tinham cerca de 1,5 metro de profundidade
De acordo com a Polícia Civil, as covas onde estavam os cadáveres tinham cerca de 1,5 metro de profundidade
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Polícia abre investigação para identificar ossadas encontradas em Batatais

Segundo informações das autoridades policiais, os ossos são de duas pessoas semienterradas em uma cova

Uma investigação para apurar a identidade das ossadas humanas encontradas às margens da Vicinal Ayrton Senna, em Batatais, no interior de São Paulo, foi aberta pela Polícia Civil. O material foi encontrado nesta sexta-feira.

Segundo informações das autoridades policiais, os ossos são de duas pessoas semienterradas em uma cova. As ossadas foram encontradas por um morador que colhia frutas no local.

De acordo com a Polícia Civil, as covas onde estavam os cadáveres tinham cerca de 1,5 metro de profundidade. Os ossos estavam sem mãos e cabeças e, de acordo com a perícia, podem ter sido deixadas no local há cerca de dois meses.

As ossadas e as roupas foram encaminhadas ao Instituto Médico Legal (IML) de Franca (SP).

Comentários

Tops da Gazeta