últimas notícias
Sete cidades da Baixada começaram ontem a vacinação contra a Covid-19
Sete cidades da Baixada começaram ontem a vacinação contra a Covid-19
Foto: Divulgação/PMSV

Cidades da Baixada Santista iniciam vacinação contra Covid-19

Região recebeu 27.002 doses da CoronaVac, vacina produzida pelo Instituto Butantan e pelo laboratório chinês Sinovac

Nesta quarta-feira (20), sete cidades da Baixada Santista iniciaram a vacinação contra a Covid-19. Ao todo, a região recebeu 27.002 doses da vacina.

Com a presença do governador João Doria, a enfermeira Almira Dias Marques, de 56 anos, foi a primeira moradora de Santos vacinada contra o novo coronavírus. Profissional do Pronto-Socorro da Zona da Orla e Intermediária - transformado no Centro de Testagem da Covid-19 -, ela recebeu uma dose da vacina Coronavac no Complexo Hospitalar dos Estivadores. Ela se disse honrada em representar os colegas no início da campanha.

A Cidade já tem armazenadas 9.560 doses da Coronavac, que chegaram na noite desta terça-feira (19), enviadas pelo Grupo de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo. Nesta primeira fase da campanha, serão imunizados profissionais de saúde da linha de frente e idosos que vivem em clínicas de repouso, além dos cuidadores que atuam nestes locais.

Em São Vicente, duas profissionais da linha de frente contra a doença receberam as primeiras doses. O município recebeu 3.880 doses. A primeira fase de imunização começou ontem, na sede administrativa da Secretaria da Saúde.

Sônia Maria Ramos, de 72 anos, auxiliar de enfermagem que trabalha na Sala de Emergência do Hospital Municipal e tem 26 anos de atuação dedicada à Cidade, e Zenira de Mello e Silva, de 66 anos, enfermeira do Centro Cirúrgico, com 16 anos de Prefeitura, foram as servidoras vacinadas.

A primeira vacinada contra o novo coronavírus em Praia Grande foi a médica do Samu Teresinha Saddi, de 67 anos, servidora municipal desde 1993. A cidade recebeu 4.080 doses da vacina.

Cubatão iniciou o Plano de Imunização contra a Covid-19 no Pronto-Socorro Central, com a vacinação de profissionais de Urgência e Emergência. A auxiliar de apoio à Saúde Maria das Graças Narciso de Almeida, de 70 anos, foi a primeira a ser vacinada na cidade, que recebeu 1.600 doses.

 

Bertioga também já começou a aplicar as doses de vacina contra o novo coronavírus e a primeira pessoa a receber a dose foi a técnica em enfermagem Maria Madalena de Sousa Lucas, 58 anos. A munícipe trabalha há mais de 20 anos no Hospital Municipal, estando na linha de frente durante todo o período da pandemia. As primeiras 840 doses enviadas pelo Governo do Estado chegaram na noite de terça-feira (19).

Mongaguá também recebeu ontem as primeiras 400 doses da vacina e realizou uma vacinação simbólica, na UPA. Hoje terão início as imunizações do público
prioritário.

Itanhaém recebeu ontem 1.400 doses da Coronavac. O médico Dr. Julio Virgílio Isidoro e a técnica de enfermagem Regina Helena Duarte Mascarenhas foram os primeiros profissionais a receber a vacina na tarde de ontem.

Guarujá e Peruíbe

Guarujá recebeu, por volta das 8h30 desta quarta-feira (20), 4.600 mil doses da vacina contra a covid-19. Hoje, a partir das 11h30, o Município iniciará o Plano Operativo de Vacinação que, neste primeiro momento, imunizará apenas os profissionais de saúde que atuam nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e hospitais, que são linha de frente no combate à pandemia. Os demais grupos prioritários serão atendidos gradualmente, conforme o envio das vacinas à Cidade.

Em Peruíbe, 642 pessoas serão vacinadas inicialmente, em razão do primeiro lote de doses recebidas. As vacinas serão destinadas aos profissionais de saúde da linha de frente no combate ao coronavírus. A vacinação acontecerá a partir de hoje às 7h na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).


Comentários

Tops da Gazeta