últimas notícias
Vista aérea da cidade de São Paulo
Vista aérea da cidade de São Paulo
Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

Estado de SP tem recorde de casos da Covid-19 em janeiro

Além disso, desde a 2ª semana de janeiro a média móvel de novas mortes ultrapassa 200 óbitos por dia, similar ao verificado entre junho e agosto

O mês de janeiro bateu recorde de novos casos da Covid-19 no estado de São Paulo desde o início da pandemia, com 268.997 infecções confirmadas até esta quarta-feira (27). Já são quase 7 mil novos casos a mais que em agosto do ano passado, que havia registrado 262.038 novos casos e era o mês de maior número de infectados até então.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, desde a segunda semana de janeiro a média móvel de sete dias de novas mortes ultrapassa 200 óbitos por dia. Este patamar é similar ao verificado entre junho e agosto, meses de pico da pandemia.

Leia mais:

Segundo o Governo de São Paulo, a maior parte de novos casos da doença neste momento está surgindo no interior paulista. “Hoje, 70% dos novos casos de Covid vêm do Interior”, informou o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes. Há uma preocupação maior com a região de Bauru.

“Os índices da pandemia estão muito elevados na região de Bauru. É a região com o maior numero de leitos de UTI ocupados no estado, com 86% de taxa de ocupação. O governo está trabalhando ativamente na instalação de leitos de UTI na região; 52 novos leitos serão instalados. Este é um momento de grande responsabilidade dos gestores municipais, que zelam pela vida da população”, afirmou Vinholi.

Nesta momento, as taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 70,7% na Grande São Paulo e 70,9% no Estado. O número de pacientes internados é de 13.260, sendo 7.303 em enfermaria e 5.957 em unidades de terapia intensiva.

Comentários

Tops da Gazeta