últimas notícias
Secretaria atualizou casos e mortes relacionadas a Covid-19 no Estado
Secretaria atualizou casos e mortes relacionadas a Covid-19 no Estado
Foto: Fusion Medical Animation/Unsplash

Covid-19: SP registra 2 milhões de casos e 58,8 mil mortes

As taxas de ocupação dos leitos de UTI nesta quinta-feira são de 70% na Grande São Paulo e 69,7% no Estado

O estado de São Paulo registrou nesta quinta-feira 58.873 mortes e 2.014.529 casos confirmados da Covid-19. De acordo com o governo paulista, 1.790.461 pessoas estão recuperadas da doença no Estado.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 70% na Grande São Paulo e 69,7% no Estado. O número de pacientes internados é de 14.809, sendo 8.042 em enfermaria e 6.767 em unidades de terapia intensiva.

Macaque in the trees
Arte: Gazeta de S.Paulo

Para tentar conter o avanço do coronavírus, o governador João Doria (PSDB) determinou a restrição de circulação de pessoas das 23h às 5h em todo o Estado. A regra entra em vigor a partir desta sexta-feira (26) e valerá até o dia 14 de março.

Doria destacou que não se trata de um "lockdown", quando as pessoas são efetivamente proibidas de circular. "O transporte público não será interrompido. Ele será restringido, limitado, mas não será interrompido. Não vamos punir as pessoas que estejam retornando para casa. É um toque de restrição, não é lockdown", disse o governador.

Na Capital, a prefeitura anunciou nesta quinta-feira que o início da vacinação de idosos acima de 80 anos será antecipado para o próximo sábado (27), em vez de segunda-feira (1º), como estava previsto antes. A expectativa da prefeitura é a de vacinar mais de 140 mil pessoas nessa etapa.

A partir de sábado, esse grupo poderá ser vacinado nos cinco postos de drive-thru da cidade e nas 82 AMAs. Na segunda, a imunização também vai ocorrer nas 468 UBSs da capital paulista.

Nesse dia a campanha também será ampliada para trabalhadores autônomos da área da saúde com 55 anos ou mais, independentemente de estarem na linha de frente de enfrentamento à Covid-19, e para cerca de 3.500 profissionais da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social que lidam com idosos e com a população em situação de rua.

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta