últimas notícias
Desde a manhã desta terça-feira (4) a CPTM disponibiliza trens que vão direto de Jundiaí, no interior de São Paulo, ao norte da Grande São Paulo, até Rio Grande da Serra
Desde a manhã desta terça-feira (4) a CPTM disponibiliza trens que vão direto de Jundiaí, no interior de São Paulo, ao norte da Grande São Paulo, até Rio Grande da Serra
Foto: Divulgação/CPTM

Em SP, trens farão viagens diretas de Jundiaí a Rio Grande da Serra, no ABC

O novo percurso tem duração estimada de 2 horas e 8 minutos e percorre 31 estações, das linhas 7 – Rubi e 10 - Turquesa

Desde a manhã desta terça-feira (4) a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos disponibiliza trens que vão direto de Jundiaí, no interior de São Paulo, ao norte da Grande São Paulo, até Rio Grande da Serra, na região do ABC Paulista. A mudança elimina a necessidade de baldeações na Estação Brás.

O novo percurso tem duração estimada de 2 horas e 8 minutos e percorre 31 estações, das linhas 7 – Rubi e 10 - Turquesa. Segundo o secretário estadual de Transporte Metropolitanos de São Paulo, Alexandre Baldy, a alteração atende a uma demanda antiga dos usuários do sistema. “O Serviço 710 irá atender esse pedido tão justo e importante”, enfatiza.

A mudança também deve reduzir o tempo de espera nas estações. Entre as estações Francisco Morato (Linha Rubi) e Mauá (Linha Turquesa), onde o fluxo de passageiros é maior, a previsão é que o intervalo entre os trens fique em média em 6 minutos. Nas pontas das linhas, o tempo entre uma composição e outra deve ficar em média em 12 minutos.

Comentários

Tops da Gazeta